segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Festival Jazz & Blues 2016 terá show especial em tributo a John Coltrane, com músicos cearenses recriando o disco “Giant Steps”. Entrada franca no domingo de carnaval

Um show especial, com grandes músicos cearenses, para homenagear o saxofonista norte-americano John Coltrane, um dos maiores nomes do jazz, levando ao palco a íntegra do repertório de um de seus mais importantes discos: o antológico "Giant Steps", de 1960. Instrumentistas consagrados da cena musical de Fortaleza estão preparando um presente especial para o público do Festival Jazz & Blues 2016 em Guaramiranga. No domingo de carnaval, 7/2, às 17h30, na Cidade Jazz & Blues, palco principal do evento, o público será brindado com a oportunidade de mergulhar ao vivo, através do talento de alguns dos maiores nomes da cena musical cearense, em toda a intensidade e a ousadia de “Giant Steps", disco que se tornou marco de uma das várias revoluções empreendidas no jazz por John Coltrane (1926-1967). A apresentação conta com entrada franca.

No show "Giant Steps - Tributo a John Coltrane", aquele que para muitos é o maior saxofonista da história do jazz será homenageado por aplaudidos músicos do Ceará: o saxofonista Marcio Resende, o pianista Thiago Almeida, o contrabaixista Iury Batista e o baterista David Krebs. O grupo reproduz a mesma formação que gravou o disco “Giant Steps”, cujas sessões se iniciaram ainda quando Coltrane participava, ao lado de Miles Davis, das gravações de “Kind of Blue”, outro álbum fundamental para a história do jazz.

“Giant Steps” foi o primeiro disco de John Coltrane a ter todas as composições de sua autoria e ficou marcado pelas famosas “Coltrane changes”, substituições de progressões de acordes que fizeram o disco chamar atenção também pelas harmonias e passariam a ser conhecidas como uma característica do álbum e do saxofonista.  

“Giant Steps” também mostra um John Coltrane se despedindo do bebop em grande estilo, para alçar voo rumo ao jazz modal que se fortaleceria a partir do início dos anos 60. Toda a energia e a criatividade do sax tenor de Coltrane renderiam ao álbum diversos “standards”: além da faixa-título, temas como “Naima”, “Countdown” e Mr. PC” se tornariam emblemáticos do álbum gravado por Coltrane, Tommy Flanagan (piano), Paul Chambers (contrabaixo) e Art Taylor (bateria), na maior parte das sessões, também com a presença de Wynton Kelly e Cedar Walton (piano), Jimmy Cobb e Lex Humphries (bateria) em algumas gravações.

Arregimentados especialmente para o show que estreará no Festival Jazz & Blues 2015, Marcio Resende, Thiago Almeida, Iury Batista e David Krebs, presentes entre os nomes mais requisitados para estúdios e palcos de Fortaleza e todos autores de trabalhos próprios de composição, arranjo e performance, aceitaram o desafio de revisitar a sonoridade de “Giant Steps”, reinterpretando-a e transpondo-a para o palco.

Como destaca o saxofonista Marcio Resende, de formação nos Estados Unidos, incluindo estudos de improvisação na prestigiada Berklee School of Music, trata-se de uma releitura, partindo do repertório, dos conceitos, dos timbres e da intensidade de “Giant Steps” para propor uma nova interpretação, ao vivo no Festival Jazz & Blues.

“A partir do repertório do disco, executado na íntegra, e de toda vivência com o trabalho do John Coltrane, vamos explorar as diversas possibilidades sonoras que o disco traz. É um dos álbuns mais desafiadores e, também por isso, mais instigantes da história do jazz”, aponta Marcio Resende. Fechando o show, um tema especialmente composto por Marcio, em homenagem a Coltrane.

Ontem e hoje

“Assim como realizado no festival em 2013, com o show ‘Tributo a Dave Brubeck – Time Out’, e na edição 2015, com o show “Kind of Blue – Tributo a Miles Davis”, o novo espetáculo, voltado para o disco “Giant Steps”, dá continuidade à ideia de realizar, a cada edição do evento, um show especialmente concebido para o festival, com o repertório integral de um dos discos que marcaram a trajetória do jazz e seguem influenciando músicos e cativando o público em escala internacional”, destaca, por sua vez, o jornalista e compositor Dalwton Moura, idealizador e produtor do espetáculo.

“Essa é uma forma de contemplar tanto os fãs de John Coltrane, aqueles que sempre tiveram o ‘Giant Steps’ como um de seus discos favoritos, quanto de apresentar ao público do festival em geral a musicalidade deste fantástico álbum, lançado originalmente em 1960 e que permaneceu como um marco, pela qualidade dos temas, das interpretações, pelos músicos reunidos e pela sua importância como uma última fotografia do bebop, naquele momento de mudanças rumo ao jazz modal”, detalha o produtor.

“Ao mesmo tempo, o show valoriza os músicos cearenses, fazendo uma ponte entre a história do jazz e a música contemporânea da efervescente cena de Fortaleza. A apresentação também reforça a importância do formato disco e o desafio especial da transposição do álbum para o palco”, complementa. Com passos gigantes, uma oportunidade única e memorável para o público do Festival Jazz& Blues.

SERVIÇO:
“GIANT STEPS – TRIBUTO A JOHN COLTRANE”. Show no domingo de carnaval, 7/2/2015, às 17h30, na Cidade Jazz & Blues, em Guaramiranga. Com Marcio Resende (sax tenor), Thiago Almeida (piano), Iury Batista (contrabaixo) e David Krebs (bateria). Entrada franca. Mais informações: www.jazzeblues.com.


Enviar

Deixe seu comentário: