sábado, 28 de janeiro de 2017

Estudantes de Fortaleza produzem animação sobre sustentabilidade para o Cine Ceará


Estudantes da Escola Júlia Alves Pessoa, do Bairro Bom Jardim (Foto: Danilo Mattos)


A partir de 1º de fevereiro, a ficção do cinema vai virar realidade na rotina de estudantes de escolas públicas municipais e estaduais de Fortaleza. É o projeto "Enel Compartilha Animação" que está de volta com um curso aprofundado em Cinema de Animação, na Casa Amarela Eusélio Oliveira (UFC).
Com duração de 60 horas/aula, a capacitação será ministrada pelo cineasta Telmo Carvalho, professor do Núcleo de Cinema de Animação (NUCA), que vai conduzir os participantes no processo de criação de um curta-metragem sobre a temática da sustentabilidade. O filme será exibido durante a cerimônia de abertura do 27º Cine Ceará, a ser realizado de 5 a 11 de agosto.
“Embora nem sempre o objetivo do projeto seja torná-los jovens cineastas, a lição levada ao cotidiano desses alunos é completa: eles aprendem a fazer roteiros, elaborar personagens, cenários e até editar. E o mais bacana é que trabalhamos com a habilidade, conhecimento e competência de cada um”, explica Telmo Carvalho.
Luz, câmera e ANIMAÇÃO
Por meio de aulas práticas e teóricas, o projeto Enel Compartilha Animação vai introduzir a linguagem do audiovisual à rotina de 10 alunos selecionados entre outros cem que participaram da primeira etapa do projeto, realizada no fim do ano passado, na sede de cinco escolas públicas da Capital cearense.
Nessa fase, o conteúdo será abordado com maior profundidade e os participantes terão acesso a equipamentos e programas de computador utilizados em grandes estúdios. Para Thais Ramos, aluna da Escola Júlia Alves Pessoa, do Bairro Bom Jardim, participar do projeto tem sido uma rica experiência pessoal e uma oportunidade de conhecer uma nova realidade. 
“Eu nunca imaginei que poderia fazer um filme e ainda participar de um festival do tamanho e importância que tem o Cine Ceará. Esse projeto me levou a conhecer uma realidade completamente nova e encantadora. Antes, minha rotina se resumia a sair da escola e rever o conteúdo da sala de aula. Agora, estou descobrindo um mundo novo e curioso, que vai ser somado a minha trajetória”, comenta a jovem de 15 anos.
Projeto 
O Enel Compartilha Animação, antigo Cine Coelce, já beneficiou mais de 2 mil crianças de escolas públicas de Fortaleza e outras cidades do interior do estado, realizando oficinas de cinema de animação com foco no meio ambiente e na importância de se preservar os recursos naturais. 
Há nove anos, o projeto integra a rede de ações de responsabilidade social desenvolvida pela Enel e é realizado pela Associação Cultural Cine Ceará em parceria com a Casa Amarela Eusélio Oliveira, da Universidade Federal do Ceará (UFC). O Enel Compartilha Animação é viabilizado pelo Mecenato Estadual do Ceará e conta com apoio do Governo do Estado do Ceará através da Secretaria de Cultura (Secult).
Dessa forma a Enel reforça seu compromisso com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) “Educação de Qualidade”, uma agenda de objetivos e metas originados a partir da Rio +20 e aprovados na Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (25-27 de setembro 2015). Ao todo são 17 objetivos e 169 metas úteis para o desenvolvimento sustentável, desafios que requerem uma parceria global com a participação ativa de todos, incluindo governos, sociedade civil, setor privado, academia, mídia, e Nações Unidas. Mais informações em: http://www.pnud.org.br/.

Link do vídeo feito na primeira etapa da oficina de animação.
Enviar

Deixe seu comentário: