quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Luizianne aprova requerimentos de audiências públicas na comissão da Previdência

O plenário da comissão que discute a reforma da Previdência aprovou nessa terça (14) a realização de audiências públicas sugeridas pela deputada Luizianne Lins (PT/CE). As propostas aprovadas visam garantir o amplo debate com os segmentos pessoas com deficiência e jovens.

Foram aprovados também outros sete requerimentos assinados pela deputada juntamente com outros parlamentares da bancada do partido. Os parlamentares aprovaram reuniões de debate com entidades representativas de mulheres; trabalhadoras domésticas; mulheres negras; trabalhadoras e trabalhadores rurais. Além de representantes de entidades de estudos e pesquisa, sindicatos; técnicos do Governo e professores.

De acordo com a deputada, o golpe da previdência tem a finalidade de beneficiar empresas de previdência privada e vai atingir principalmente os direitos das pessoas mais pobres e vulneráveis. “Portanto, nada mais justo que debater com os segmentos mais afetados os impactos dessa reforma, que traz modificações profundas na vida das pessoas. Queremos garantir o equilíbrio nas discussões e aprofundar o tema”, defendeu.

Encaminhada pelo governo Temer ao Congresso Nacional, a reforma da previdência é apontada por especialistas como um duro golpe contra os direitos dos trabalhadores. Saem prejudicados principalmente os mais pobres e, beneficiadas, as empresas de previdência privada. Dentre as mudanças, a PEC institui a idade mínima de 65 anos para homens e mulheres, além de aumentar tempo de contribuição. 
Enviar

Deixe seu comentário: