domingo, 12 de fevereiro de 2017

Nutricionista fala sobre os cuidados com a alimentação na infância

Com a volta das aulas e a correria do dia a dia, um dos grandes desafios das mães é oferecer às crianças lanches que unam praticidade, sabor e saúde. Na dúvida entre o industrializado e o natural, é preciso ficar atento àquilo que a comida pode oferecer a saúde dos pequenos.
De acordo com Tatiana Uchoa, coordenadora do curso de Nutrição do Centro Universitário Estácio do Ceará, no início da fase escolar é importante que as lancheiras contenham alimentos que sejam fontes de vitaminas e minerais. “A recomendação é que as mães coloquem na lancheira alimentos leves, saudáveis e principalmente fontes de vitaminas e minerais. Entre as opções, estão as frutas e os sucos, de preferência os naturais”, orienta.
Ainda segundo a professora, a fruta, além de saudável, tem mais vantagem em comparação aos outros alimentos, por ser algo prático e que não precisa de preparo. No entanto, é necessário que haja cuidados na higiene das frutas. “Maçã, banana, uva, mamão e abacaxi cortado em pedacinhos, são frutas fáceis de conservar e oferecer como lanche”, diz.
Na fase da infância, acontece a formação dos hábitos alimentares e também de alguns tecidos, como o adiposo (gordura). Neste período, de acordo com Tatiana Uchoa, é importante evitar a introdução de alimentos ricos em açúcares, sódio e gordura.
Quanto aos alimentos industrializados, a nutricionista adverte para a leitura dos rótulos. “Se as mães optarem por biscoitos doces ou salgados, é importante que fiquem atentas aos rótulos, para evitar os excessos, pois nem sempre o prático é o mais saudável. No entanto, os biscoitos de leite têm um sabor doce, mas não contém muito açúcar, e acaba sendo uma boa opção desde que seja sem recheio”, aconselha.
Dicas de lanche saudável
- Sanduíche caseiro, feito com queijo
- Frutas
- Sucos da fruta sem ou com pouco açúcar
- Pipoca caseira, feita sem ou com pouco óleo
- Bolo caseiro sem recheio e com sabor de fruta (laranja, limão, maracujá). 
Enviar

Deixe seu comentário: