sábado, 25 de março de 2017

Oi investe R$ 104 milhões no Ceará com foco na melhoria da qualidade dos serviços

A Oi investiu mais de R$ 104 milhões no Ceará em 2016. A operadora está ampliando investimentos na modernização e expansão da capacidade da rede e TI para melhoria contínua da qualidade do serviço aos clientes em todas as regiões. No mesmo período foram implantados 61 novos sites de telefonia móvel e outros 241 foram ampliados ou modernizados. Além disso, 4.032 novas portas para o serviço de banda larga fixa também foram implantadas. Sites são locais onde ficam as antenas que realizam a transmissão do sinal do serviço móvel. A Oi oferece cobertura 4G nas cidades de Caucaia, Crato, Fortaleza, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape e Sobral.

Com sua estratégia de negócios voltada para a convergência de serviços, a companhia registrou aumento na receita líquida de clientes de banda larga e TV paga em 2016, com crescimento de 6,9% e 23,6% em relação a 2015. Destaque para a Oi TV, que registrou o melhor desempenho do mercado em 2016 com crescimento de 0,8 p.p em participação de mercado e aumento de 11,6% em sua base, alcançando 1,3 milhão de clientes. No Ceará, o crescimento foi de 52,8%.  O sucesso da Oi TV deve principalmente ao lançamento do Oi Total, produto convergente que agrega móvel, banda larga, TV por assinatura e fixo e que alcançou 1 milhão de clientes em todo o país, desde o seu lançamento em abril de 2016. O Oi Total beneficia o cliente por trazer mais comodidade com produtos que atendem a todas as suas necessidades, além de gerar uma economia de até 30% ao optar por um combo.

No segmento de mobilidade, a receita de dados registrou crescimento de 20,5% em relação à 2015, o que se justifica pela alta penetração de aparelhos 3G/4G na base (76% no 4T16), o que estimula o uso cada vez maior de dados e pelas novas ofertas lançadas pela companhia. O Oi Livre, Oi Mais e Oi Mais Controle aceleram a tendência de mercado por substituição de voz por dados ao oferecem franquias com muito mais dados aos clientes. No segmento voltado para empresas, a Oi aumentou a sua receita de dados em 3,5% e de TI em 22% em 2016, em comparação a 2015, seguindo a sua estratégia de negócios de investir em serviços que não dependem de voz.
Enviar

Deixe seu comentário: