sábado, 25 de março de 2017

Programação cultural do Dragão do Mar de 27 de março a 2 de abril de 2017



FUNCIONAMENTO DO CENTRO DRAGÃO DO MAR

Geral: de segunda a quinta, das 8h às 22h; e de sexta a domingo e feriados, das 8h às 23h. Bilheteria: de terça a domingo, a partir das 14h.
Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco: de terça a domingo, das 14h às 22h.
Museus: de terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); sábado, domingo e feriados das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.
Multigaleria: de terça a domingo, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

OBS.: Às segundas-feiras, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura não abre cinema, cafés, museus, Multigaleria e bilheterias.


► INSCRIÇÕES CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO E POLÍTICAS CULTURAIS // ÚLTIMOS DIAS

O Instituto Dragão do Mar, que gere, entre outros equipamentos, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, firmou parceria com o Itaú Cultural e a Cátedra Unesco de Políticas Culturais e Cooperação, da Universidade de Girona, na Espanha, e agora traz a Fortaleza, pela primeira vez, o mais renomado Curso de Especialização em Gestão e Políticas Culturais do Brasil. As inscrições seguem abertas até a próxima segunda-feira, dia 27 de março. São ofertadas 41 vagas, 6 delas reservadas para candidatos autodeclarados negros. A ficha de inscrição pode ser acessada no link https://itaucultural.formstack.com/forms/curso_especializacao_2017.

A formação conta com direção acadêmica do Prof. Dr. José Teixeira Coelho Netto, consultor do Observatório de Política Cultural do Itaú Cultural; professor emérito da Universidade de São Paulo; autor de diversos livros sobre cultura e arte, entre eles o clássico “Dicionário Crítico de Política Cultural”, e do Prof. Dr Alfons Martinell Sempere, diretor da Cátedra Unesco de Políticas Culturais e Cooperação; professor titular da Universidade de Girona; codiretor do Laboratório de Investigação e Inovação em Cultura e Desenvolvimento com sede na Colômbia e na Espanha; especialista nos campos de formação de gestores culturais.

Segundo o presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares, a iniciativa visa ao atendimento de uma demanda crescente nas regiões Norte e Nordeste. “O mercado cultural e de entretenimento dessas regiões vem evoluindo e é, atualmente, um dos que mais crescem, com grande potencial de geração de emprego e renda, por isso, é fundamental que a oferta de formação acompanhe o ritmo. Agora, os produtores culturais não precisarão mais se deslocar para receber qualificação de ponta. Esse é, sem dúvida, o melhor curso da área, porque leva em conta as necessidades contemporâneas da formação em gestão e política e traz no corpo docente alguns dos mais renomados profissionais do mundo”, afirma Linhares.


Pré-requisitos

Para participar da seleção, o candidato deverá estar vinculado profissionalmente a uma instituição cultural, pública ou privada; ter atuação comprovada de três anos, no mínimo, em instituição cultural, pública ou privada; ser formado preferencialmente na área de Ciências Humanas ou Ciências Sociais aplicadas; apresentar carta da instituição onde trabalha com o compromisso de ser liberado para realizar as aulas presenciais. Também é necessário conhecimento do idioma espanhol (leitura e compreensão oral) para acompanhamento do curso.


Processo Seletivo

Os interessados passarão por seleção, que consistirá em análise do currículo e de um texto do candidato sobre tema a ser indicado. A divulgação dos pré-selecionados acontece em 30 de maio e o resultado final será divulgado em 20 de julho. Ambos os resultados serão divulgados no site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br).


O curso

O aluno terá de frequentar cinco módulos presenciais no Instituto Dragão do Mar, que somam 380 horas/aulas, entre setembro de 2017 e junho de 2018, além de participar de disciplinas a distância, totalizadas em 310 horas/aulas. As aulas presenciais acontecerão no Auditório do Dragão do Mar e a frequência mínima exigida é de 80% nas disciplinas presenciais.

A Universidade de Girona outorgará um certificado de conclusão do curso correspondente a seu Diploma de Posgrado en Gestión y Políticas Culturales, que segue as normas europeias de ensino universitário.

Conteúdo programático
O curso abordará, entre outros temas, "Cultura e teoria da cultura" (conceitos fundamentais, novas abordagens, a cultura que é objeto da política cultural); "Política cultural" (história, fundamentos, política cultural comparada; a instituição cultural: tipos, problemas, soluções); Ação cultural (modalidades, metodologia, melhores práticas) e "Novos modos da cultura e os meios digitais de informação e comunicação".

Calendário de Encontros Presenciais
27, 28 e 29 de setembro de 2017
5 e 6 de dezembro de 2017
27 e 28 de fevereiro de 2018
2 e 3 de abril de 2018
26, 27 e 28 de junho de 2018

Inscrições até o dia 27 de março de 2017, no site https://itaucultural.formstack.com/forms/curso_especializacao_2017. Gratuito.





► Teatro da Terça [Temporada de Arte Cearense] última apresentação!O CANTIL 10 ANOS Teatro Máquina
O Cantil surge de uma leitura bastante específica de "A exceção e a regra", de Bertolt Brecht, onde a palavra é suprimida para que o gesto seja enfatizado e o trabalho dos atores possa ser refuncionalizado pelo exercício de demonstração e manipulação. Trata, portanto, de uma viagem sem espaço nem tempo definidos. Dois homens seguem à procura de algo. Para o patrão, a viagem é urgente e aterradora; para o empregado, é apenas objeto de seu ganha-pão. Entre os dois, se estabelece uma relação nos extremos da desconfiança total e da pura subserviência, relação essa transfigurada pela ausência/presença do cantil.
Dia 28 de março de 2017, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação: 12 anos. 
Contato: mota.levy@gmail.com / (85) 99914.4681






►Espetáculos circenses [Temporada de Arte Cearense] última apresentação!CABARÉ DA DESGRAÇACia As 10 Graças de Palhaçaria

São Crisóstomo declara de saída que as burlas e o riso não provêm de Deus, mas são uma emanação do diabo e nós, humanos, somos tonéis mal ajustados prestes a explodir, pois estamos sempre na incessante fermentação da piedade e do temor divino. O riso! Não é uma brincadeira e não temos a menor intenção de renunciar a ele. O Cabaré da Desgraça é um convite à libertinagem e aos excessos. Exceder, transgredir e deformar estão na ordem do espetáculo, uma variedade de números e absurdos onde celebramos o inacabado, a mudança e a vida, pois o que importa é o agora!

Dia 29 de março de 2017, às 20h, no Teatro do Dragão do Mar. Ingressos: R$ 6 e R$ 3 (meia). Classificação: 18 anos.

Contato: David Santos (85) 99655-9365 / ds_correia@hotmail.com






►Nas Ruas do Dragão [Temporada de Arte Cearense] última apresentação!A SAGA DE JESUS CRISTO
Cia Epidemia de Bonecos

Zé Cariri e Matusalém apresentam uma história que mostra os momentos significativos da vida de Jesus: no deserto, Jesus é tentado pelo demônio. Encontra seus discípulos e outros seguidores. Enquanto acontece o sermão da montanha, os homens sábios da Galileia estranham o poder que aquele homem tinha, arrastando multidões com suas palavras. Após a festejada entrada de Jesus em Jerusalém, é chegada a hora da santa ceia. Enquanto isso, Judas conspira contra Jesus. E no monte das oliveiras acontece à sua prisão... Ele é espancado e morto. Depois, ressuscita e sobe ao céu.

Dia 30 de março de 2017, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Acesso gratuito. Classificação livre.

Contato: Izabel izabellpin@outlook.com / (85) 99909-1913






► Quinta com Dança Experimental [Temporada de Arte Cearense]
UM CORPO JOGADO AO MAR última apresentação!
Bruno Gomes

Uma queda brusca de um corpo em médio transe rasga o espaço, desloca-se. Encarnado na figura de uma deusa. Deusa mostra. Deusa e Diabo. Grito seco, grito mudo de uma mãe oceano. O mar como testemunha de um ato brutal e como território para este acontecimento, entre a realidade e o que se pode inventar. O mar dorme fiel, sobre seus túmulos. A deusa faz a terra cantar! Ela faz a terra ranger os dentes! Olhem para o seu quadril de lá saem o céu e o inferno.

Contato: Bruno (88) 99994-2219 / brunno.hmr@gmail.com

+

► Quinta com Dança [Temporada de Arte Cearense]
ANATOMIA DAS COISAS ENCALHADAS última apresentação!
Silvia Moura
A relação com o descartável. Através do uso, da manipulação dos objetos fazemos uma análise das nossas relações pessoas. Em cena a trajetória de cada um na luta pela convivência com o outro. Uma busca pelo entendimento das relações como modo de operar a vida, um chamado a observação do consumo desenfreado de objetos e ao uso das pessoas com parte de uma cadeia de consumo.

Contato: Silvia (85) 98851-8806 / emcrise@hotmail.com

Dia 30 de março de 2017, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação: livre.




 [Literatura] Lançamento do livro "Transforme isto em outra coisa – um percurso pelas histórias de Fernanda Meireles"
Da autora Naiana Gomes
Livros também podem ser caixas de surpresas, plataformas de lançamento de foguetes, mapas do tesouro com as coordenadas para mais mapas do tesouro, flechas de longo alcance e alta precisão, portais para cidades amadas, convites para sair pelo mundo. É o que livro “Transforme isto em outra coisa - Um percurso pelas histórias de Fernanda Meireles” deseja ser - Sim, um livro que deseja! A publicação será lançada em primeiro de abril, sábado, no auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Gratuito e aberto ao público, o evento contará com uma programação criada para celebrar encontros vividos em Fortaleza: os que resultaram no livro lançado, mas não só.
Baseando-se na trajetória de Fernanda Meireles, após inúmeros encontros ao longo de dez anos e de entrevistas realizadas entre 2015 e 2016, a jornalista Naiana Gomes projetou e escreveu um livro-reportagem que costura passado, futuro e muito tempo presente. Fortaleza exposta aos tempos surge, portanto, deste livro como tela, ateliê e tema, ponto de encontro e de transformação.
A produção dialoga com a imaginação fecunda da artista, tanto no texto bem humorado, quanto oferecendo ferramentas que expandem a aventura da leitura para além das páginas. São cartões postais, fanzines e estênceis – uma pequena amostra da vasta e diversificada obra de Fernanda, - alinhavados por um projeto gráfico primoroso, assinado pela designer Deborah Meira. 
No lançamento do livro, se reunirão ao trio composto por Naiana, Fernanda e Deborah, o grafiteiro Marquinhos Abu, a artista Aspásia Mariana e o jornalista Demitri Túlio, para a roda de conversa “Encontros incríveis na construção da Cidade Solar”. Em seguida, Fernanda, que também é baixista, e o guitarrista Rafael Viana apresentarão o pocket show “Música para corações ocupados”. Continuando a festa, os participantes poderão brincar de desenhar e redesenhar a relação que têm com Fortaleza, em um grande mapa da Cidade criado por Fernanda e fixado no chão do Dragão do Mar.

A história de Fernanda Meireles atravessa a Cidade, falando com ela, dela e para ela, em cartões postais, fanzines, quadros, livros, porcelanas desenhadas, adesivos, grafites e mais uma infinidade de artes espalhadas no tempo e no espaço. Contar destes percursos é deparar com uma extraordinária rede de encontros em contínua expansão.

“Transforme isto em outra coisa” é um livro, mas deseja ser mais. Como lembra uma das frases de Fernanda: “Acreditar que é, já é, metade de ser”. A outra metade desse caminho será percorrida com o leitor.
Programação
> Roda de conversa "Encontros incríveis na construção da Cidade Solar", com Naiana Gomes, Fernanda Meireles, Deborah Meira, Demitri Túlio, Aspásia Mariana e Marquinhos Abu.
> Pocket show "Música para corações ocupados", com Fernanda Meireles no baixo e Rafael Viana na guitarra.
> Traçar percursos: apresentação de um grande mapa de Fortaleza desenhado por Fernanda Meireles e colado no chão do Dragão do Mar para as pessoas brincarem de desenhar nele um pouco da relação com a Cidade.

> Momento para autógrafos.

Dia 1 º de abril de 2017, às 17h, no Auditório e Espaço Mix. Gratuito. Livre. Valor do livro: R$ 80,00.

Contato: Naiana Gomes (85) 98639.2939






► [Música] Liniker e os Caramelows

Ícones da música brasileira alternativa, Liniker e os Caramelowsrealizam show único em Fortaleza dia 1º de abril (sábado), no palco da Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, na Praia de Iracema. O primeiro lote de ingressos começou a ser vendido no dia 7 de março na bilheteria do Dragão e no site Bilheteria Virtual.

Realizado pela Multi Entretenimento, o show promete reunir os principais sucessos da banda, conhecida pela potência das letras e pela presença de palco irreverente. Depois do sucesso do EP “Cru”, lançado em 2015 e que conseguiu milhões de visualizações no Youtube, Liniker e os Caramelows apresentam o repertório do primeiro disco “Remonta”, lançado em setembro do ano passado.

Produzido por Marcio Arantes, o trabalho traz as conhecidas faixas do EP de estreia e outras já cantadas nos shows com uma nova roupagem. Além disso, quatro músicas inéditas foram gravadas. É o caso de “BoxOkê”, que foi registrada com a rapper Tássia Reis e a banda instrumental Aeromoças e Tenistas Russas. Mais nomes enriquecem a ficha técnica de “Remonta”. Marcelo Jeneci, Tulipa Ruiz e As Bahias e a Cozinha Mineira foram alguns dos artistas que passaram pelo estúdio para fazer participações especiais.

Todas as letras do disco são de autoria da cantorx e compostitorx Liniker, enquanto a parte musical foi pensada em conjunto por Marcio Arantes e o grupo Caramelows – formado por Rafael Barone (baixo), William Zaharanszki (guitarra), Pericles Zuanon (bateria), Márcio Bortoloti (trompete) e Renata Éssis (backing vocal).

As apresentações também foram totalmente remontadas, com novos figurinos, cenografia e repertório. Outra novidade é a presença de mais três músicos de apoio: Fernando TRZ (teclados), Marja Nehme (percussão) e Eder Araújo (saxofone).

Dia 1º de abril de 2017, às 20h, na Praça Verde. Ingressos 1º lote: R$ 60 e R$ 30 (meia). Classificação etária: 16 anos.

Pontos de venda:
*Bilheteria na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura - Terça a domingo, das 14h às 20h (fechado às segundas e feriados)
*Site BilheteriaVirtual.com
Formas de pagamento:
*Site: cartões de crédito Hipercard, Visa, Master e Diners.
*Pontos de vendas físicos: Dinheiro; Cartões de crédito MasterCard, Visa, Diners Club e Hipercard e Cartões de débito Visa Electron, MasterCard débito.

Contato: Diego Benevides (85) 99615.8505 | diegobenevidess@gmail.com



 
// TODA SEMANA NO DRAGÃO DO MAR

Feira Dragão Arte
Feira de artesanato fruto da parceria com Sebrae-CE e Siara-CE.
Sempre de sexta a domingo, das 17h às 22h, ao lado do Espelho D'Água. Acesso gratuito.

Planeta Hip Hop
Grupos promovem exibições de dança e música hip hop.
Todos os sábados, às 19h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.

Brincando e Pintando no Dragão do Mar
Brincadeiras e atividades infantis orientadas por monitores animam a criançada na Praça Verde.
Todos os domingos, das 16h às 19h, na Praça Verde. Gratuito.

Fuxico no Dragão
Atrações artísticas e uma feirinha com vinte expositores de produtos criativos em design, moda e gastronomia agitam as tardes de domingo.
Todos os domingos, das 16h às 20h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.





// PLANETÁRIO RUBENS DE AZEVEDO

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura informa que o Planetário Rubens de Azevedo passa por manutenção corretiva. Está, portanto, temporariamente fechado para atendimento ao público.




// EXPOSIÇÕES

► Exposição "Miolo de Pote: a cerâmica cearense primitiva e atual" [Salas 3 e 4]

Reúne uma série de peças feitas de barro, a mostra apresenta o dinamismo e vivacidade desta arte ancestral e milenar, no Ceará, além de trazer ainda a contribuição de artistas plásticos e visuais como Bosco Lisboa, Gentil Barreira e Tiago Santana.

Potes, panelas, alguidar, caco de torrar café, brinquedos. A exposição Miolo de Pote revela um Ceará uno e múltiplo, similar e diverso, em dia com as heranças indígenas, africanas, ibéricas. “Primitiva e atual, a arte no barro mantém características próprias em cada localidade ou região, seja no tipo de material, no desenho, nas técnicas, seja no resultado final”, define a curadora Dodora Guimarães. Além dela, a mostra tem ainda a contribuição curatorial da historiadora e diretora de museus do Centro Dragão do Mar, Valéria Laena.

Miolo de Pote reúne, sobretudo, duas coleções públicas: a do Museu da Cultura Cearense (Instituto Dragão do Mar), feita entre 1997 e 1998, que cobriu a Região do Cariri, Saboeiro e Iguatu; e a da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Governo do Estado do Ceará), adquirida em 2005 e 2006, durante o Projeto Secult Itinerante, que percorreu todo o Estado. Algumas peças advindas do Projeto Comida e da exposição O Fabuloso Mundo do Barro, ambos do MCC, enriquecem a mostra que conta ainda com a participação dos artistas plásticos e visuais Bosco Lisboa, Gentil Barreira, Liara Leite, Sabyne Cavalcanti, Tiago Santana, Tércio Araripe, Terry Araújo e Túlio Paracampos.

Instalação de Bosco Lisboa
Em julho, o MCC e o artista Bosco Lisboa desenvolveram uma oficina gratuita, aberta ao público, cujas peças produzidas agora são parte de uma instalação inédita, nesta exposição. Nas aulas ministradas de 19 a 22 de julho, no ateliê da Praça Verde do Dragão do Mar, o artista ensinou as técnicas para se trabalhar com argila.

Natural de Juazeiro do Norte (CE), Bosco desenvolveu, por mais de dez anos, uma pesquisa com artesãos do Sítio Touro e do bairro Tiradentes, tradicionais redutos da cerâmica de sua cidade natal. Em 1994, passou a moldar o barro tendo em vista sua relação com o cotidiano. Por seu trabalho, recebeu menção honrosa no Salão dos Novos em 1993, em Fortaleza. Entre as exposições coletivas de que participou, destacam-se 1ª Bienal do Cariri (Juazeiro do Norte, 2001), Bienal Naif’s (Sesc Piracicaba, 2004) e Projeto Abolição Tudo É de Barro, no Centro Cultural do Abolição (Fortaleza, 2005).

Acessibilidade
Essa exposição oferece recursos acessíveis para proporcionar autonomia ao público. Disponibilizamos: textos em Braille, textos com letras ampliadas, peças que podem ser tocadas, vídeo de Libras e mediação especializada.

Em cartaz dia 30 de abril de 2017, no Piso Intermediário do Museu da Cultura Cearense. Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.



► Exposição "Narrativas e Alteridade – O outro de nós" [Encontros de Agosto 2016]

A partir do tema “Narrativas e Alteridade”, o festival Encontros de Agosto 2016 propôs que fotógrafos dos nove estados do Nordeste fossem além das próprias fronteiras, trazendo e potencializando imagens de lugares e sujeitos imaginados. O público poderá contemplar na exposição questões universais a partir das realidades locais, percebendo aproximações e diferenças.

Esta exposição é composta de mostras coletivas de fotógrafos cearenses e dos demais estados do Nordeste. “As narrativas visuais têm como fundamento a alteridade, traduzida e discutida pelo olhar de 54 fotógrafos, sendo 23 deles cearenses. É uma oportunidade única dos espectadores verem essa rica produção nordestina em um só local. São mais de 300 fotos”, explica a coordenadora geral do evento, Patricia Veloso.

Os intercâmbios abrem canais de comunicação para circuitos nacionais e internacionais. Após a exibição no Ceará, as mostras serão adequadas para uma exposição itinerante. Mais sobre o Encontros de Agosto: www.encontrosdeagosto.com.

Em cartaz até dia 30 de abril de 2017, no Piso Superior do Museu da Cultura Cearense. Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.



► Exposição Vaqueiros [Mostra Permanente]

Em exibição no Museu da Cultura Cearense desde 1998, a Exposição Vaqueiros arrebata o público que nela identifica traços de sua cultura e costumes. A exposição ao longo dos anos enriquece os saberes, instiga reflexões, desperta emoções. Nela revelam-se inúmeros elementos que possibilitam rememorar e reconstruir o que se compreende como o universo sertanejo.

Na exposição, você conhecerá o vaqueiro como profissional, sertanejo, trabalhador, conhecedor de inúmeras funções e do meio em que habita, capaz de inúmeros feitos, viajará pelas humildes manifestações do cotidiano, religiosidade e festividades e testemunhará particularidades como a habilidade com o artesanato do couro, as práticas da derrubada e da cria do gado, dentre outras.

No Piso Inferior do Museu da Cultura Cearense. Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e aos sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.


++ O Museu de Arte Contemporânea estará fechado a partir do dia 27 de março para montagem de nova exposição.
Enviar

Deixe seu comentário: