sexta-feira, 24 de março de 2017

Teatro Carlos Câmara traz o espetáculo "Devorando Heróis nesta sexta dia 24 de março

Imagem inline 1

Espetáculo Devorando Heróis segue em cartaz às sextas-feiras de março no TCC


A programação do Teatro Carlos Câmara às sextas-feiras, segue com temporada do espetáculo “Devorando Heróis”, a tragédia grega contada de forma única pelos irreverentes Pícaros Incorrigíveis, às 17h. Se por um lado os Pícaros carnavalizam a tragédia, por outro, e logo na sequência, às 18h30, tem show com os sambas e loas de Calé Alencar. Tudo gratuito, o Teatro fica na rua Senador Pompeu, 454, Centro.

Antropofágicos, Os Pícaros Incorrigíveis avançam para as ruas de Fortaleza conduzidos por sua mais nova montagem, “Devorando Heróis", o grupo abocanha as trágicas histórias de dois heróis da Grécia Antiga: Prometeu e Ájax. O objetivo é erigir uma folia teatral que os dilacera, tomando desses heróis suas feições e forças de enfrentamento aos ditames do poder para assim falar de liberdades, por meio de uma encenação picaresca, multicolorida, tropicalista e marginal.

Em “SAMBAZILOAS “, o cantor e compositor Calé Alencar, traz ao palco releituras do seu repertório de sambas e loas. Reunindo trabalhos apresentados por blocos e maracatus do carnaval de rua de Fortaleza no período de 1995 a 2017, o show comemora os 22 anos de participação ininterrupta de Calé Alencar no ambiente do carnaval.

O Teatro Carlos Câmara é vinculado à Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Ceará (Secult) sob gestão compartilhada com o Grupo Teatro Máquina, selecionado via edital público para desenvolver ocupação artística no equipamento. A programação cultural regular é composta por temporadas de artes cênicas, música, cinema e atividades infantis, tudo com entrada gratuita, de quarta a domingo.

// SERVIÇO
TEATRO CARLOS CÂMARA PROGRAMAÇÃO SEXTA (24)
TEATRO: 
‘DEVORANDO HERÓIS’ – Os Pícaros Incorrigíveis. 17h
SHOW ‘SAMBAZILOAS’ – Calé Alencar. 18h30. 
Teatro Carlos Câmara. Rua Senador Pompeu, 454. Centro.
Enviar

Deixe seu comentário: