quinta-feira, 13 de abril de 2017

Feriados prolongados aquecem mercado de aluguel por temporada

Especialista em direito imobiliário reforça cuidados na hora de assinar o contrato para evitar transtornos entre locatários e e donos dos imóveis


A Semana Santa vai abrir uma sequência de três feriados prolongados que ocorrerão até o início do próximo mês. Além de ser uma ótima opção para aproveitar o tempo extra com a família e amigos, ainda é um bom momento para o mercado de aluguel de imóveis por temporada. No entanto, o que pode ser uma excelente oportunidade de lazer ou de se ganhar dinheiro também pode se transformar em uma tremenda dor de cabeça para o proprietário do imóvel, caso não sejam observadas algumas precauções básicas no momento de firmar o contrato de aluguel.

No caso de dono do imóvel, existem algumas garantias que precisam ser acordadas antes de fechar o negócio. "Para evitar possíveis problemas, o dono do imóvel e o locatário devem deixar todas as condições do contrato, mesmo que verbal, bem claras, como: o período da locação, o preço a ser pago, e, também, quais os móveis e utensílios estarão na residência à disposição do inquilino. É importante que sejam efetuadas ao menos duas vistorias no imóvel, uma antes e outra depois da locação, para evitar prejuízos a ambas as partes, eliminando-se reclamações posteriores",  explica o advogado sócio da CHC Advocacia, Phelipe Albuquerque. 

De acordo com o especialista, o inquilino também deve observar seus direitos quando escolher um imóvel para passar o feriadão e evitar transtornos."É recomendável que o locatário visite a residência a ser locada com antecedência, bem como tente formalizar minimamente o contrato de aluguel. E-mail´s e mensagens por celular são uma ótima maneira de dar alguma formalidade à contratação, sendo importante também a exigência de recibos de pagamento ou efetuá-los por meio de depósitos na conta do locador, que geram comprovantes automáticos", explica Phelipe. 

Enviar

Deixe seu comentário: