quarta-feira, 5 de abril de 2017

SCidades participa de encontro internacional sobre Água e Saneamento Rural

Começou nesta segunda-feira, 03, em Cali, na Colômbia, a III Assembleia Geral do Sistema de Informação sobre Água e Saneamento Rural (Siasar). O Brasil é representado pelo Estado do Ceará, através da Secretaria das Cidades. O encontro, que segue até o dia 07 de abril, reúne delegações de 11 países, técnicos do Banco Mundial e agências que trabalham com a água potável e saneamento.

O Ceará é o primeiro estado brasileiro a implementar o sistema e os técnicos da SCidades foram convidados para participar do evento para apresentar as ações exitosas na experiência de implantação do Siasar, através do projeto piloto nas comunidades rurais do município de Aracati.

No primeiro dia da III Assembleia SIASAR, representantes da Secretaria das Cidades e do Banco Mundial reuniram-se com a delegação de Moçambique para apresentar como o sistema funciona e o que é necessário para aderir ao programa. Caso decida adotá-lo, o país africano será o 12º país a utilizar o Sistema e o segundo país de língua portuguesa.

No evento, também será apresentada oficialmente a nova plataforma web Siasar 2.0, que amplia a sua capacidade como uma ferramenta estratégica sob o monitoramento das Metas de Desenvolvimento Sustentável. Além disso, serão divulgados os relatórios de progresso dos países e os planos de trabalho para o ano de 2017. 

O SIASAR

O Siasar consiste em uma ferramenta de informação básica e atualizada sobre os serviços de saneamento rural de um país, sendo possível, entre outras funcionalidades, o monitoramento da cobertura, qualidade e sustentabilidade do serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário da região, o registro do desempenho dos prestadores de assistência técnica e a transferência de dados estatísticos, cruzando base de dados setoriais.

Atualmente, o banco de dados do sistema já possui armazenados informações de mais de 23.000 comunidades rurais dos países membros. A ferramenta, financiada pelo Banco Mundial, já é utilizada por outros países da América Latina como Costa Rica, Honduras e Peru.

Enviar

Deixe seu comentário: