quinta-feira, 25 de maio de 2017

Cantora paulista Maria Ó lança o disco “dança três”

Com produção musical dos cearenses Igor Caracas e Klaus Sena, o primeiro trabalho da artista transpõe fronteiras com músicas que exploram a diversidade de pulsos, ritmos e fronteiras


Após se apresentar no Maloca Dragão 2017, em Fortaleza, e na Fnac e Sensorial Discos, em São Paulo, a cantora e compositora paulista Maria Ó acaba de lançar o seu primeiro disco, sob o convidativo título “dança três”, recheado de participações e colaborações de artistas cearenses. Driblando dualismos normativos, o álbum transita por entre fronteiras e gêneros, sejam eles musicais, regionais, sexuais ou afetivos. Dessa inquietação, reluzem novos elementos.

Natural de São Paulo, Maria Ó iniciou sua carreira no interior vindo posteriormente para a capital do estado. Com interpretação despojada e flertando com a fala, a cantora apresenta o resultado de um longo processo de empoderamento artístico, que reúne composições que datam de 2008 a 2016, tempo em que ela retornou à cidade natal. São letras poéticas e críticas de um cotidiano por vezes duro, mas que no auge de seu realismo revela em si o fantástico.

“dança três” conta com a produção musical dos cearenses Igor Caracas e Klaus Sena, além da coprodução de Guilherme Kafé e da própria compositora, evidenciando o encontro entre regiões. No disco, a diversidade de pulsos e ritmos convida o corpo à dança ao passo que versos marcantes nos levam a um universo poético singular. À exemplo do primeiro single do disco, Filho de Ogum, canção que traz um pouco da mitologia dos orixás e que retoma ao tema dessas relações que dançam a três que o disco permeia.

Tanto o disco como nas apresentações ao vivo, “dança três” é um verdadeiro encontro entre amigos e uma forma de compartilhar afetos e brasis através da música. “Construímos uma relação muito sincera e acreditamos na pluralidade das relações e nas interseções territoriais/regionais da vida, o que torna o trabalho ainda mais intenso e prazeroso”, explica Maria.

O próximo show da cantora será no dia primeiro de junho, a partir das 20h, No Itaú Cultural, em São Paulo. Entrada gratuita.

Sobre a artista

Maria Ó iniciou seus estudos de música ainda adolescente em São José dos Campos, cidade onde cresceu. Aos 16 anos compôs as primeiras canções. Estudou violão popular na EMESP, e atualmente cursa o último ano da Faculdade de Música da Universidade de São Paulo. Entre 2009 e 2012 integrou o Grêmio Recreativo de Resistência Cultural Kolombolo Diá Piratininga, onde se aproximou da linguagem do samba e da cultura popular. Com eles, participou de diversas apresentações em SESCs e centros culturais da capital e do interior paulista. Na capital Maria Ó também passou por experiências com composição de trilha para cinema e teatro. Em 2017 lançará pelo selo YB Music e distribuição Tratore, o primeiro disco autoral, “dança três“.


  
Serviço – dança três – Maria Ó

Youtube:

Spotify 

iTunes

Tidal

Google Play

Deezer



Ficha Técnica
Produzido por Igor Caracas e Klaus Sena.
Co-produzido por Maria Ó e Guilherme Kafé.
Gravado e mixado por Klaus Sena no Klaus Haus Studio.
Masterizado por Carlos “Cacá” Lima na Ybmusic.  
Fotografia: Haroldo Saboia.
Designer gráfico: João Vaz.
Produção executiva: Ana Azeredo / Klaus Haus Studio.
Selo: Ybmusic. Distribuição: Tratore.
9 faixas


site: maria-o.com
instagram: @oh_maria_oh
 
Enviar

Deixe seu comentário: