quarta-feira, 10 de maio de 2017

Exposição Fotográfica DO HOLOCAUSTO À LIBERTAÇÃO em cartaz em Fortaleza



Uma página vergonhosa da história da humanidade será retratada por 160 fotos e documentos da 2ª Guerra Mundial, na Exposição Fotográfica “Do Holocausto à Libertação” que a Sociedade Israelita do Ceará (SIC) realizará de 11 a 26 de Maio de 2017, de segunda a sexta, das 9h às 17h, no Hall da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, onde acontecerá sessão solene de abertura, às 19 horas desta quinta.  

Os sobreviventes do Holocausto, Tomas e Szuszanna Venetianer, serão homenageados na solenidade organizada pela Assembleia e SIC. Na ocasião, será lembrado também, o embaixador Hildebrando Accioly, diplomata que teve Importante atuação ao solicitar ao governo brasileiro que embarcasse refugiados judeus para o Brasil, frente às atrocidades acometidas pelos nazistas junto a esta população. Hildebrando nasceu em Fortaleza no ano de 1888, e faleceu no Rio de Janeiro em 1962. 

A mostra exibirá imagens de judeus, ciganos, testemunhas de Jeová, comunistas, homossexuais, negros, deficientes físicos e mentais e, também, de  outras minorias – isso, desde 1933 com a ascensão do nazismo na Alemanha, até 1945 com o fim da 2ª Guerra Mundial. Nesse período, denominado Holocausto, foi exterminado um terço dos judeus que viviam no mundo: 6 milhões de pessoas, entre elas, um milhão e meio de crianças, a maioria ficou sucumbindo nas câmaras de gás dos campos de extermínio.



O que destacou essa matança de tantas outras ocorridas na história da humanidade foi o seu caráter de política oficial de um Estado constituído e reconhecido pela comunidade das nações, além dos métodos “científicos” e “industriais” empregados nela. A Exposição reunirá fotografias e documentos em ordem cronológica, retratando com toda a intensidade, o irreparável crime contra a humanidade cometido no genocídio chefiado pelo político alemão,  Adolf Hitler.
É um alerta para que fatos assim jamais voltem a ocorrer em tempo e lugar algum, com qualquer povo. A exposição aberta ao público levará o visitante a refletir sobre até onde pode chegar um regime totalitário, como o nazista. O foco, porém, está nos estudantes de ensino médio de escolas do Ceará. A recomendação etária é de 14 anos. O objetivo da mostra é levar uma mensagem de tolerância com minorias e paz entre os povos, além de trazer informação sobre um tema difícil e, que tende a cair no esquecimento se não for continuamente lembrado.

Sessão Solene:

Data: 11 de Maio de 2017
Horário: 19 horas
Local: Assembleia Legislativa do Ceará 

A Exposição: 

Do Holocausto à Libertação 
Período: 11 a 26 de Maio de 2017
Dias: Segunda a Sexta
Horário: 9h às 17h 
Local: Hall da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará 

Realização:

Sociedade Israelita do Ceará 

Enviar

Deixe seu comentário: