sexta-feira, 19 de maio de 2017

MANIFESTO DA INDÚSTRIA CEARENSE


As recentes declarações dando conta da interferência da Presidência da República em atos que dizem respeito à operação Lava Jato preocupam a nação brasileira. As denúncias tornadas públicas impõem um posicionamento firme das instituições e dos cidadãos que prezam pela ética na dinâmica da democracia e pela retidão das condutas dos agentes públicos e privados.
A Federação das Indústrias do Estado do Ceará - FIEC entende que, diante da gravidade do cenário político nacional, torna-se urgente que a sociedade, dentro dos parâmetros estabelecidos pela Constituição Federal, assuma o papel de protagonista dos destinos do País para continuar trilhando o caminho da recuperação econômica.
A sociedade foi às ruas e expôs sua indignação com os desmandos que, ao longo do tempo, vinham dilapidando o patrimônio moral e destruindo a força econômica do Brasil. Tivemos uma importante mudança na configuração política, e voltamos a sonhar com o desenvolvimento. Os indicadores recentes mostram a retomada da curva do crescimento, sinalizando estarmos no caminho certo.
A indústria cearense, irmanada com toda a sociedade, mobiliza-se para evitar desvios que comprometam a trajetória da recuperação. Nesse sentido, defende que acima de qualquer inclinação política, os nossos destinos sejam conduzidos por alguém com credibilidade e forças necessárias para dar continuidade às mudanças.
Por fim, a FIEC reafirma o compromisso com as reformas que tramitam no Congresso, as quais são fundamentais para destravar as amarras que impedem a entrada do Brasil na era da modernidade. E conclama para que, juntos, busquemos alternativas constitucionais que ofereçam lideranças capazes de garantir as transformações em curso.
FIEC e Sindicatos filiados.
Enviar

Deixe seu comentário: