quinta-feira, 22 de junho de 2017

Oito empresas são agraciadas com o Prêmio FIEC por Desempenho Ambiental


Em solenidade realizada na terça-feira (20/6), na Casa da Indústria, foram anunciadas as empresas vencedoras da 13ª edição do Prêmio FIEC por Desempenho Ambiental. Ao todo, concorreram 16 empresas com 22 projetos, divididos nas modalidades Produção Mais Limpa, Educação Ambiental & Inclusão Social e Reúso de Água. Foram agraciadas oito empresas de pequeno, médio e grande portes. O objetivo do prêmio é reconhecer e valorizar o comprometimento das empresas com a preservação do meio ambiente através de iniciativas que minimizem os impactos ambientais de suas atividades e contribuam com a conscientização sobre a questão com colaboradores e a comunidade.

Na categoria Produção Mais Limpa, as empresas agraciadas foram Ecomax (pequeno porte), Ceagra (médio porte) e Ypioca (grande porte). Já na categoria Educação Ambiental & Inclusão Social, as vencedoras foram C. Rolim Engenharia (médio porte) e Enel (grande porte). Por fim, na categoria Reúso de Água, receberam o prêmio as empresas Piscis (pequeno porte), Ceagra (médio porte) e Dias de Sousa (grande porte).

De acordo com o gerente do Núcleo de Meio Ambiente da FIEC (Numa), Renato Aragão, esta edição do prêmio registrou o maior número de projetos concorrentes da história da premiação, que começou a ser entregue em 2003. “Criamos o prêmio com o objetivo de despertar nas indústrias a responsabilidade com o meio ambiente. A cada ano, aumenta o número de participantes o que mostra que o setor industrial está crescentemente mais envolvido com a questão ambiental”, destacou. Ele acrescentou que a parceria com os sindicatos filiados à FIEC, especialmente o Sindquímica, tem proporcionado uma grande sensibilização dos industriais para a causa.  

O presidente da FIEC, Beto Studart, afirmou que hoje a preocupação com a problemática do meio ambiente é muito maior que há alguns anos e que a FIEC se empenha em ano a ano estimular a postura ambientalmente responsável dos industriais cearenses a através do prêmio e de outras iniciativas. “Hoje em dia não temos mais como fazer indústria se a gente não tiver os cuidados necessários com a água, com a limpeza, com as pessoas, com o som. Tudo envolve essa nossa responsabilidade”, disse.

A secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, e o secretário estadual de Meio Ambiente, Artur Bruno, prestigiaram a solenidade e parabenizaram a FIEC pela iniciativa e os empresários pelos projetos desenvolvidos em suas empresas. “As nossas cidades não aguentam mais serem maltratadas. Um dever nosso enquanto cidadão, enquanto industrial, é melhorar o ambiente das nossas gerações atuais e futuras” declarou a secretária.

Já Artur Bruno enfatizou que o Governo do Ceará entende que não há crescimento econômico ou inclusão social sem sustentabilidade ambiental. “Os industriais compreenderam isso”, frisou. Ele finalizou conclamando os empresários a se envolverem no Pacto pelo Cocó, de forma a preservar e a cuidar bem da área que foi recentemente regulamentada.  

v  Categoria Produção Mais Limpa
·         Empresa de Pequeno Porte
ü  ECOMAX – INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE PRODUTOS PLÁSTICOS LTDA
·         Empresa de Médio Porte
ü  CEAGRA – CERÂMICA E AGROPECUARIA ASSUNÇÃO LTDA
·         Empresa de Grande Porte
ü  YPIOCA INDUSTRIAL DE BEBIDAS S/A

v  Categoria Educação Ambiental & Inclusão Social
·         Empresa de Médio Porte
ü  C. ROLIM ENGENHARIA LTDA
·         Empresa de Grande Porte
ü  ENEL DISTRIBUIÇÃO CEARÁ

v  Categoria Reúso de Água
·         Empresa de Pequeno Porte
ü  PISCIS – INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA
·         Empresa de Médio Porte
ü  CEAGRA – CERÂMICA E AGROPECUARIA ASSUNÇÃO LTDA
·         Empresa de Grande Porte
ü  DIAS DE SOUSA
Enviar

Deixe seu comentário: