quinta-feira, 22 de junho de 2017

Projeto lúdico e inovador transforma o São João em grande festa literária


Durante todo o mês de junho, escolas de várias regiões do Brasil, participam do projeto incorporando autores e obras literárias às festas juninas escolares.

As festas juninas estão chegando e junto com ela uma excelente oportunidade para se trabalhar com a produção literária, presente na cultura popular. As escolas que fazem parte do Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE, do Instituto Brasil Solidário, trabalham todos os anos uma sequência didática durante todo o mês de junho, incorporando temas literários em cada atividade que resultará na grande festa de São João. O Projeto São João Literário, hoje, envolve cerca de 10 cidades, localizadas em diferentes regiões do Brasil, mas principalmente no Norte e Nordeste. A ação que ocorre desde 2013, consegue mobilizar municípios inteiros, mesclando aprendizado, estímulo e comemoração com foco no livro e no incentivo à leitura.

No Ceará, a Escola Municipal Desembargador Pedro de Queiroz, em Beberibe, já preparou o espaço e as atividades que estão sendo trabalhadas em cada disciplina da grade curricular dos alunos. A programação inclui um concurso literário, com apresentações de poemas, paródias dramatizadas, barracas e pescaria literária, além de um painel de trava-línguas, que já está exposto e sendo utilizado pelos alunos da escola. “As atividades começaram no início de junho, mas vamos ter duas etapas de apresentações com os alunos, a primeira no dia 23 de junho, e a última etapa, com a grande festa e apresentações de quadrilhas, no dia 28 de junho, nossos alunos estão muito empolgados e envolvidos nas atividades”, disse a Coordenadora Pedagógica da Escola, Ana Patrícia Castro.

Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luís Salvatore, adivinhas, trava-línguas, receitas, quadrinhas e poemas são alguns dos gêneros que circulam no contexto dessas festividades, e que podem ser exploradas nas atividades planejadas e desenvolvidas, propiciando um rico diálogo entre escola e comunidade. “O objetivo pedagógico do Projeto, é manter viva as raízes da festividade do São João, com toda a sua riqueza e tradição, incorporando o cunho literário desde os preparativos, até as apresentações das quadrilhas juninas, a ideia é engajar toda a comunidade escolar e fazer com que todos voltem os olhares para a riqueza da cultura popular brasileira e este é um ótimo momento para trabalhar a arte literária”, ressalta Salvatore.

Aberto ao público para a toda a comunidade, o “Arraiá Literário” na Escola Desembargador Pedro de Queiroz, está com data marcada para o dia 28 de junho, às 18h30, na quadra da escola. Em ritmo junino, a escola promete um espaço com muita diversidade literária, incluindo barracas repletas de livros do acervo da escola, espaço de leitura, além de uma exposição de livrinhos de receitas típicas das festas juninas elaborados pelos próprios alunos. O correio elegante também entrará no clima principal da festa, onde as rainhas já à caráter, estarão distribuindo poesias e letras de músicas durante a festividade. E, falando de nossa cultura popular, não poderia deixar de fora a dança e as quadrilhas regionais, alunos do Fundamental II, farão apresentações de dança em homenagem aos 70 anos de Asa Branca, aos 100 anos de Chorinho, além do tema Cordel Encantado e Contos Maravilhosos, que estarão presentes nas quadrilhas.

Sobre o Projeto São João Literário
O São João Literário, faz parte das atividades do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, do Instituto Brasil Solidário e envolve todas as escolas que participam das ações do Programa, em várias regiões do Brasil, mas principalmente no Norte e Nordeste do país. Com sua primeira edição realizada em 2013, o projeto tem como objetivo promover uma grande mobilização com foco no livro e no incentivo à leitura dentro das festividades juninas.
Uma lista de atividades são elaboradas para serem desenvolvidas com todas as turmas do Fundamental I ao Fundamental II – organização da estrutura física da escola para a festa, montagem do cardápio e distribuição dos convites. O objetivo pedagógico do Projeto, é conseguir engajar toda a comunidade escolar e fazer com que todos voltem os olhares para a riqueza da cultura popular brasileira, aproveitando esse período para trabalhar a arte literária.
No Projeto São João Literário – IBS além de desenvolver e incentivar o estudo das tradições e da cultura popular, trabalha-se com sequências didáticas que estimulam a produção e o estudo literário que resultam em aprendizagens significativas e a apresentação das muitas culminâncias que acontecem através da parceria com muitas escolas do nosso país.
As atividades do Projeto São João Literário podem ser realizadas com todos os segmentos escolares. O que diferencia a proposta em cada ano/ciclo é o gênero trabalhado e o seu desenvolvimento pelos diferentes professores.

Arrasta Pé da Educação
Parte das atividades da grande festa do São João Literário, está o Arrasta Pé da Educação, que consegue sensibilizar as quadrilhas juninas a incorporarem as temáticas e conceitos trabalhados no Programa de Desenvolvimento da Educação, do Instituto Brasil. São elas: incentivo à leitura, educação ambiental, uso de tecnologias em sala de aula e como instrumento ao protagonismo, valorização das artes regionais, prevenção e saúde e empreendedorismo.
Toda a criatividade e originalidade contam como pontos fortes na escolha das quadrilhas que se destacam no momento do Arrasta Pé da Educação. Figurinos bem elaborados com utilização de materiais recicláveis, ressaltando o conceito de sustentabilidade, além do momento de leitura e homenagem à obras literárias, seja na dança, na música ou na caracterização, são alguns dos elementos fortemente presentes durante a festa, que resulta, em várias regiões, em um grande concurso com premiação para as primeiras colocações.
As ações do Instituto no Ceará e no Nordeste, no ano de 2017, contam com financiamento de: Instituto Samuel Klein, Palmeirinha Ação Social, Machado Meyer Advogados, Tecnisa, OverSeas e Bank of América Merrill Lynch. Além deles, apoiadores pessoa física também realizam investimentos via leis de incentivo fiscal (Lei Rouanet).

SERVIÇO
São João Literário
Escola Desembargador Pedro de Queiroz – Beberibe/CE
Data: 28 de Junho
Horário: 18h30.
Local: Escola Desembargador Pedro de Queiroz – Beberibe/CE
Aberto ao público.
Enviar

Deixe seu comentário: