segunda-feira, 3 de julho de 2017

Agenda cultural - Teatro NU apresenta Os Pássaros de Copacabana em Fortaleza neste sábado, dia 08




Os Pássaros de Copacabana. Crédito: Carlos Barral
Os Pássaros de Copacabana será apresentado pela primeira vez em Fortaleza neste sábado, dia 08 de julho

O Teatro NU está de volta a Fortaleza, desta vez com o espetáculo inédito Os Pássaros de Copacabana, em única apresentação, neste sábado, dia 08 de julho, às 19h, no Cineteatro São Luiz.
Mais uma vez, a capital cearense é responsável pela primeira viagem de um espetáculo do grupo baiano, abrindo os caminhos. Em 2009, Os javalis, primeiro espetáculo a viajar, foi justamente para duas apresentações no Dragão do Mar, pelo Festival do Teatro Brasileiro, Cena Baiana. Dois anos depois, na sequência da primeira temporada de Sargento Getúlio, fomos direto ao Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza, iniciando as viagens desse espetáculo que acabaria por rodar quase o país todo por festivais, culminando com o Palco Giratório, em 2014, quando voltou à capital cearense para apresentação no Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno. "Novamente, com Os pássaros de Copacabana, inauguramos nosso desejo de circular pelo país com esse convite da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará que tanto nos honrou, pegando-nos de surpresa, e com o grande desafio de apresentar nosso espetáculo no Cineteatro São Luiz, um grande e belo teatro reformado recentemente. Nosso musical, com o elogiadíssimo desempenho de Marcelo Praddo e o acompanhamento ao vivo do multi-instrumentista Elinaldo Nascimento, passeia por 17 canções de Ary Barroso, e conta a história de uma travesti, no conturbado ano de 1964, que mistura suas histórias com os acontecimentos do país, enquanto ensaia um espetáculo em homenagem a Ary, recém falecido, por encomenda de seu amante; um militar" explica o diretor Gil Vicente Tavares.
O espetáculo é mais uma realização da Maré Produções, com produção de Fernanda Bezerra, que comemora 10 anos à frente do Teatro NU. O texto de Gil Vicente Tavares destaca-se pela forma como mistura canção e fala, questões sentimentais e políticas, humor e emoção. Sobre o texto, o renomado diretor Gabriel Villela disse: “Desconcertante. Abusado. O melhor texto que li nos últimos tempos”. Cacá Carvalho, um dos maiores atores do país, disse, sobre o espetáculo: “um musical de uma competência comovente, da maior qualidade. É imperdível. Um espetáculo para se sair de lá encantado”.
O espetáculo é realizado pela Maré Produções Culturais e o patrocínio da Vivo e do Governo do Estado por meio do Fazcultura, programa de fomento da Secretaria Estadual de Cultura e Secretaria Estadual da Fazenda da Bahia. O superintendente de Promoção Cultural da SecultBA, Alexandre Simões, salienta a importância do Fazcultura na promoção do desenvolvimento artístico e cultural do Estado. “O programa é estratégico e traz oportunidade para as empresas investirem na cena cultural, ratificando seu papel social. É interessante também pela dimensão econômica, pois movimenta os equipamentos culturais, faz girar essa cadeia e gera emprego e renda para centenas de profissionais”. 
Os Pássaros de Copacabana mantém a característica de trabalho do grupo, que prima por um teatro de mínimos elementos que potencializam o trabalho do ator, contando com a equipe de criadores que reúne Euro Pires concebendo conjuntamente a cenografia e indumentária;  Anna Oliveira na maquiagem; e o desenho de luz de Eduardo Tudella, colaborador do Teatro NU. Gil Vicente Tavares ainda conta com Bárbara Barbará, parceira de trabalho, que assina a direção de movimento e assistência na encenação.
SERVIÇO
Os Pássaros de Copacabana
Data: 08 de julho, sábado, às 19h
Serviço:Cineteatro São Luiz
Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia entrada)

Enviar

Deixe seu comentário: