segunda-feira, 3 de julho de 2017

Carateca cearense é bronze no Campeonato Sulamericano, na Bolívia 



O esporte cearense obteve um grande resultado: o carateca Jonathan Benvindo de Oliveira, de 15 anos, foi medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano de Karatê, na categoria Cadete, realizado em Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), disputado de 26 de junho a 02 de julho. Aluno da Escola Pública Nely Caula, em Caucaia, Jonathan é patrocinado pelo Instituto Aço Cearense e pratica o esporte na Associação Escola de Campeões. Desta vez a Associação Escola de Campeões também apoiou financeiramente o atleta obtendo tal resultado que o classificou para o Campeonato Panamericano, que ocorrerá de 21 a 26 de agosto em Buenos Aires (Argentina). 

O Campeonato Sul-Americano de Karatê está sendo realizado até 1º de julho e reúne atletas para as disputas de kata (luta imaginária) e kumitê (luta) nas categorias Sub-14, cadete, junior, sub-21 e sênior. Para conquistar a medalha de bronze, Jonathan venceu duas de suas três lutas. O atleta faz parte da seleção cearense da modalidade há 06 anos, atualmente liderando o ranking local e ocupando a 4ª colocação no ranking nacional. 

Sobre o Instituto Aço Cearense 
Em sete anos de atividades, o Instituto Aço Cearense já investiu mais de R$ 8 milhões de reais com 125 instituições atendidas, totalizando mais de 65 mil pessoas beneficiadas. O Instituto tem como objetivo principal apoiar iniciativas de instituições sociais com atuação no Terceiro Setor. Para receberem o apoio, essas entidades precisam comprovar capacidade física, técnica e institucional para desenvolver as atividades propostas.   

As ações do Instituto estão ligadas à promoção educacional, cultural, esportiva e ambiental. Entre as suas linhas de atuação, destacam-se o atendimento a pessoas carentes em situação de risco; a garantia e a defesa dos direitos da criança e do adolescente; a formação profissional e a inserção no mercado de trabalho; a garantia e defesa dos direitos de idosos; a geração de renda e oportunidade de trabalho; a recuperação social e a promoção da saúde integral do ser humano.
Enviar

Deixe seu comentário: