terça-feira, 18 de julho de 2017

Livro narra trajetória de sertanejo cearense na Segunda Guerra Mundial

Uma obra composta por relatos que vão de 1921 a 2001 – trajetória de 80 anos de vida – de um sertanejo nascido no município de Itapipoca, Ceará. Antônio Simão do Nascimento, que, dentre outros feitos, “atendeu ao chamado da Pátria” em 1943 e vivenciou a experiência de seguir rumo à Segunda Guerra Mundial, na Itália, é o protagonista da narrativa, contada, em parte, por ele mesmo e, em outra, pelos descendentes. O livro “Memórias do meu passado”, lançado na semana passada em Fortaleza, dentre outros pontos, traz narrativas simples de um anônimo cearense participante de um dos mais intensos conflitos da história da humanidade.

Escrita por ele mesmo, a obra (que inicialmente não tinha a intenção de ser uma publicação oficial) foi repassada aos filhos e netos no ano de 2001, data em que foram comemorados os 80 anos de idade do protagonista. Manuscritos feitos em um caderno e, posteriormente, digitalizados para chegar a família. Em 2003, Antônio Simão faleceu.

Para homenageá-lo e, mais ainda, como forma de auxiliar o acesso da sociedade a este legado da história brasileira e da história local, da identidade sertaneja e da memória social, a família Nascimento transformou, em 2017, o conjunto de anotações em livro, publicado pelo Caravela Selo Cultural.

“Memórias do meu passado” reúne principalmente as lembranças e relatos de um “pracinha”, “expedicionário” ou “ex-combatente”, como são chamados os integrantes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), mas não se limita a este tema. Traz também as marcas do universo sertanejo; com narrativas da infância vivida em meio à seca cearense, com seus costumes e hábitos; a visão de um trabalhador brasileiro que, ao retornar da Guerra, serviu aos projetos de desenvolvimento do país entre os anos de 1950 e 1970 garantindo a força de trabalho na construção de rodovias projetadas para articular pontos estratégicos do território nacional, além de revelar uma típica formação sociocultural nordestina de homem católico, que tem a trajetória perpassada pela religiosidade. 

Incorporado ao relato principal da publicação, organizado de forma datada, há imagens do acervo particular referente à Segunda Guerra, construído também por Antônio Simão e guardado pela família. O livro conta ainda com outros textos escritos pelos filhos José Clewton e Vânia Lúcia do Nascimento e pela neta Fabiana do Nascimento Pereira, que trabalham o conteúdo do livro do ponto de vista arquitetônico, histórico e social, campos de estudos dos referidos escritores.

Para a família, a publicação demonstra que este legado tem possibilitado a continuidade de histórias e memórias. A sistematização e disponibilização do conteúdo materializa o encontro de gerações e a construção de uma memória maior, onde a história oficial é entrecortada por relatos e biografias anônimas, que garantem os significados e expressividade das histórias cotidianas coletivas, a partir do fazer e das memórias particulares.
)
Fontes:
Fabiana do Nascimento – (85) 98735-9060 (neta e estudante de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará - UFC)
José Clewton do Nascimento – (84) 99678-9748 (filho, arquiteto e professor adjunto do Departamento de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN)) 
InformaçõesLivro: “Memórias do meu passado”
Autor: Antônio Simão do Nascimento
Organizadores: José Clewton do Nascimento, Vânia Lúcia do Nascimento e Fabiana do Nascimento Pereira
Editora: Caravela Selo Cultural
Páginas: 150
Formato: 22cmx 15cm
Valor: R$ 40,00
Contato: (85) 98735-9060
Enviar

Deixe seu comentário: