quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Condomínios devem se preparar para o desligamento do sinal analógico de TV


A Seja Digital, entidade responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil, está orientando síndicos e administradores de condomínios sobre o processo de desligamento do sinal analógico de TV, que acontecerá no dia 27 de setembro em Fortaleza e em mais 14 municípios do entorno.
O primeiro passo para síndicos e administradores de condomínios se prepararem é verificar a antena coletiva. Para captar o sinal digital, a antena deve ser digital (UHF/VHF) e estar apontada para a torre de transmissão. Também é importante que o síndico consulte uma emrpesa especializada para ter certeza de que a distribuição do sinal pelo condomínio é adequada para a tecnologia do sinal digital. Outro alerta é para o aparelho de TV que também precisa estar preparado para receber este sinal.
“Televisores de tubo ou de tela plana fabricados até 2010 só recebem o sinal analógico e, por isso, precisam de um conversor de sinal, que pode ser adquirido em lojas de eletrônicos. Se tiver dúvidas, o ideal é consultar o manual do fabricante”, comenta a gerente regional da Seja Digital, Vejuse Oliveira.
A busca de canais também é importante, pois os condôminos podem ter o televisor já preparado, mas continuar assistindo os canais analógicos. Este é um processo indispensável, pois os canais digitais não aparecem automaticamente nos televisores.
Ao final deste processo, o televisor terá encontrado todos os canais digitais disponíveis em sua região e exibirá a programação com imagem e som de cinema. Para mais informações é só entrar em contato com a Seja Digital pelo telefone 147 ou pelo site www.sejadigital.com.br.

Sobre a Seja Digital
A Seja Digital (EAD - Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV) é uma instituição não governamental e sem fins lucrativos, responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico para o sinal digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.
Enviar

Deixe seu comentário: