segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Grupo Jazzera, de Guaramiranga, faz sábado, 26/8, show especial em Fortaleza, no CCBNB, com Tributo a Paquito D´Rivera, pelo Jazz em Cena

O grupo Jazzera, de Guaramiranga, formado por músicos nascidos e residentes na pequena cidade serrana cearense, faz um show especial em Fortaleza no sábado, 26/8, às 19h, no Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBNB), pelo projeto Jazz em Cena. O público da capital terá a oportunidade de conferir a sonoridade do grupo, no show Tributo a Paquito D´Rivera. Com direito a uma música inédita, enviada pelo saxofonista e clarinetista cubano, um dos maiores nomes do jazz em todo o mundo, especialmente para o grupo cearense, juntamente com uma mensagem de incentivo e de agradecimento pelo show.A entrada é franca, como em todos os shows do Jazz em Cena.

O grupo Jazzera é diretamente influenciado pelo Festival Jazz & Blues, que acontece desde 2000, em Guaramiranga, pelas experiências de ensino musical da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga (Agua) e por um sem-número de grandes músicos que desde então estiveram na cidade, levando os sons do mundo à região do Maciço de Baturité.

Lúcio Mário (flauta e clarinete), Marcelino Ferreira (guitarra e violão), Wagner Ferreira (contrabaixo) e Rafael Teixeira (bateria) seguem sua trajetória musical com o intuito de abrir novos caminhos para a divulgação e o reconhecimento da produção instrumental no Maciço do Baturité. O estudo é a grande marca do quarteto, cujos integrantes desenvolvem atividades de arte-educação como professores de musica na AGUA e em outros projetos sociais do Maciço.

A proposta do show "Tributo a Paquito D´Rivera", especialmente preparado para o público do Jazz em Cena, do CCBNB, surgiu da admiração do grupo pela musicalidade do saxofonista e clarinetista cubano, que em 2010 esteve em Guaramiranga, como atração do Festival Jazz & Blues.

Um presente de Paquito

Os quatro jovens músicos de Guaramiranga, cidade com 4 mil habitantes, na região serrana do Maciço de Baturité, ganharam um presente especial de Paquito D´Rivera. Ele enviou aos cearenses uma mensagem de agradecimento, incentivo e felicitações, além de uma música inédita, para ser tocada pelo grupo no show.

Confira a mensagem enviada por Paquito D´Rivera:

Estimados jóvenes músicos de Guramiranga,

Me he enterado de que planean hacer un concierto dedicado a mis composiciones en el proyecto cultural "Jazz em Cena" y esto me me llena de alegría, ya que tan grande es mi amor por la música de ese país maravilloso, que con frecuencia digo que la mitad de mi corazón es Brasileiro.

Espero que algún día podemos hacer música juntos, y mientras tanto les envío mi composición "La Fleur de Cayenne", un Joropo venezolano que he escrito, como una forma de solidaridad con la lucha actual de los venezolanos por la libertad y la democracia

Muito obrigado

Paquito D´Rivera


Influência e repertório

Tanto a desenvoltura de Paquito em ambos os instrumentos como seu gosto pela música brasileira chamaram a atenção do grupo cearense, que por isso optou por um tributo ao mestre cubano, que, em shows ao lado do Trio Corrente, em uma parceria que geraria um disco vencedor do Grammy, encantou o público do Ceará com muita musicalidade e simpatia.

Para o show o Jazzera fez uma seleção especial de diversas fases da obra de Paquito, incluindo temas como "Guataca City", "A night in Englewood", "Lorenzo´s wings", "Christmas without you", "Bluellespie", "La dama y el vagabundo" e muito mais. Um tributo especialíssimo, ressaltando tanto a importância de Paquito para o universo do jazz contemporâneo quanto o talento desses grandes músicos da cena cearense, em uma oportunidade especial para o público da capital.

Mais sobre o Jazz em Cena

Entre os objetivos do "Jazz em Cena" estão contribuir para atender a grande demanda de público por mais shows de jazz em Fortaleza, apresentar a novos ouvintes a obra de grandes mestres da música, ressaltar o talento, a criatividade e o virtuosismo dos instrumentistas cearenses, de grande produção autoral, mas também capazes de recriar, a seu modo, trabalhos musicais históricas por sua beleza e sua importância.

O novo projeto se soma a outros que vêm sendo mantidos na capital cearense, como o Ceará Jazz Series, realizado desde 2015 no Teatro Dragão do Mar, o tradicional Festival Jazz & Blues (promovido em Guaramiranga e Fortaleza desde 2000), o Jeri Choro Jazz(desde 2009), os festivais instrumentais do Centro Cultural Banco do Nordeste e os shows promovidos em diversas casas noturnas, bares, restaurantes, teatros, centros culturais e espaços alternativos, formando uma rede crescente de opções para o público amante do jazz, com produções se ampliando ao longo de todo o ano. O Centro Cultural Banco do Nordeste fica na Rua Conde D´Eu, 560, Centro de Fortaleza.
Enviar

Deixe seu comentário: