terça-feira, 15 de agosto de 2017

Prefeitura implanta primeira Central de Distribuição de Medicamentos em terminal de ônibus

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quarta-feira (16/08), a primeira Central de Distribuição de Medicamentos em um terminal de ônibus urbano na Capital. O equipamento, que terá como função reforçar o abastecimento de remédios na rede de postos de saúde de Fortaleza, começa a ser implantado na Cidade pelo Terminal do Antônio Bezerra. A solenidade começa a partir das 9h, com visita ao Posto de Saúde Maria Aparecida, no bairro Vila Velha, e prosseguirá, às 10h, no Terminal do Antônio Bezerra. Na oportunidade, o Prefeito acompanhará o processo de entrega de medicamentos aos usuários de postos de saúde.
As Centrais de Distribuição de Medicamentos no Terminal (CDMT) são parte das ações inovadoras que têm por objetivo buscar a melhoria da logística de distribuição de medicamentos, realizada pela Prefeitura de Fortaleza e, por consequência, viabilizar o acesso da população. As Centrais, que atenderão exclusivamente usuários dos terminais de integração, são uma extensão das farmácias dos postos de saúde e só dispensarão medicamentos cujas receitas tenham passado pelas farmácias destas unidades anteriormente.
O usuário que procurar a farmácia do posto e não encontrar algum dos medicamentos que compõem a lista dos 84 remédios prioritários da Atenção Básica fornecidos pelo Município será orientado e encaminhado para recebê-los na Central de Distribuição de Medicamentos, que deverá ter o abastecimento garantido. O medicamento ficará reservado para o paciente na Central por um período de 48 horas.
Até o fim deste ano, serão implantadas sete centrais em estruturas de containers nos terminais de ônibus urbanos da Capital. A Central do Antônio Bezerra funcionará como projeto piloto. Neste primeiro momento, serão atendidos usuários de dez postos de saúde habilitados para recebimento de medicamentos na CDMT do Antônio Bezerra. São eles, os postos de saúde Rebouças Macambira, do Jardim Guanabara; Fernando Façanha, do Jardim Iracema; João Medeiros, do Vila Velha; Maria Aparecida, do Vila Velha; Humberto Bezerra, do Antônio Bezerra; Meton de Alencar, do Antônio Bezerra; Hermínia Leitão, do Olavo Oliveira; Clodoaldo Pinto, do Padre Andrade; Ivana Paes, do Presidente Kennedy; e Licínio Nunes, do Bairro Quintino Cunha. Gradativamente, conforme a instalação das demais Centrais, o número de unidades habilitadas aumentará, até que as sete Centrais estejam em funcionamento.
Fortaleza conta, hoje, com 109 postos de saúde e um anexo, que funcionam de segunda a sexta-feira, de 7h às 19h, todos com farmácia e entrega de medicamentos da lista prioritária da Atenção Básica.
Além deste serviço, os postos de saúde oferecem atendimento médico, odontológico e de enfermagem para usuários com hipertensão, diabetes, hanseníase, tuberculose e HIV. Também está disponível acompanhamento de gestantes, puérperas, crianças e idosos; coleta de exames laboratoriais; procedimentos ambulatoriais; prevenção de câncer de boca e ginecológico; teste rápido HIV e sífilis; emissão do Cartão SUS, entre outros. Na atual gestão, já foram reformadas 70 unidades e foram construídos 19 novos postos de saúde.

Serviço 
Implantação da Central de Distribuição de Medicamentos no Terminal do Antônio Bezerra
Data: Quarta-feira (16/08)
Horário/Local: 
9h - Posto de Saúde Maria Aparecida, Avenida K, s/n - Vila Velha (por trás do Gonzaguinha da Barra do Ceará)
10h - Terminal do Antônio Bezerra, Avenida Cel. Carvalho, 3780

Enviar

Deixe seu comentário: