quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Sobral Gráfica e Editora mostra que é possível trabalhar com recursos do meio ambiente sem agredi-lo



Reciclagem, uso de papel certificado e reuso de água são algumas das ações que fazem parte dos valores da empresa

Parece impossível associar gráfica a cuidados com o meio ambiente. Porém, a Sobral Gráfica e Editora tem administrado bem tal relação. Com ações internas e externas, a empresa pretende não só se perpetuar, mas fazer a sua parte em relação a natureza.

Para reduzir os impactos que uma gráfica pode causar (por trabalhar com tintas, solventes, álcool, metais, papéis, água etc), a empresa possui uma lista de itens que cumpre para evitar o impacto ambiental. O primeiro, claro, é o papel utilizado. “Nós só trabalhamos com papel proveniente de reflorestamento, com certificação. Não usamos uma folha sequer sem saber a sua origem”, explica Fernando Hélio Brito, diretor comercial da Sobral Gráfica.

O empresário explica que esse papel vem de lavouras de pinhos e eucaliptos, as árvores utilizadas no Brasil para esse fim. As empresa plantam, produzem o papel, replantam e mantém o ciclo. Geralmente aproveitando áreas já desmatadas para outros fins, essas plantações também ajudam no combate ao aquecimento global e geram milhares de empregos.

Outro cuidado que a Sobral Gráfica e Editora tem é com o uso de produtos químicos, principalmente nas chapas, matrizes de qualquer trabalho. Para o processo de impressão, a empresa trabalha com produtos ecológicos. A característica também está presente nos vernizes.

No campo do reaproveitamento, a gráfica encaminha para reciclagem as aparas de papel e as chapas de alumínio (matrizes), que são transformadas em panelas por uma empresa terceirizada. Já a água também recebe uma atenção especial. Por meio de um sistema desenvolvido pela própria empresa, 100% da água gerada pelos aparelhos de ar condicionado é reaproveitada pelas impressoras offset.

“As águas que saem dos aparelhos são canalizadas para um tambor, que as distribuem entre as geladeiras das impressoras”, explica Brito. O sistema foi finalista da 13ª edição do Prêmio Fiec com a indicação na categoria Desempenho Ambiental, na modalidade “Reuso de água - empresa de pequeno porte”.

Para o diretor da Sobral Gráfica, tais cuidados só são bem-sucedidos por conta do engajamento dos funcionários. Além da rotina, eles ainda se envolvem com as campanhas promovidas pela empresa, levando  para casa a ideia, como a de economia de água. Para ajudar na conscientização, a empresa criou adesivos com frases e dicas como “Escovar os dentes preserva a sua higiene. Com menos água, preserva o planeta” e “Vale cantar no banho. Só não pode escorregar com o tempo no chuveiro”.

“Nós somos uma indústria de serviços, que pega o papel e transforma em mídia impressa. É um clichê falar que o papel agride o meio ambiente, mas quem quer trabalhar com essa matéria-prima de forma correta, consegue. E está nos nossos valores não agredir a natureza, porque é ela que torna possível a nossa existência e perpetuação no mercado”, completa o diretor comercial.

Sobral Gráfica e Editora

Há mais de 20 anos no mercado, a Sobral Gráfica e Editora visa produzir impressos com excelência, satisfazendo e fidelizando clientes e parceiros. Fundada em 1994 em Sobral (CE) pelo casal Hélio Brito de Sousa e Norma Silvia Linhares Martins Brito, a empresa baseia-se no princípio de que a qualidade faz a diferença. Em 2010, abriu sua primeira filial, em Fortaleza (CE), e, três anos depois, inaugurou sua segunda em Teresina (PI).
Enviar

Deixe seu comentário: