quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Agenda cultural - Cine Rebuceteio realiza exibição inédita do longa-metragem “Angelus Novus”

Sessão aberta ao público acontece no Cinema do Dragão, na segunda-feira (18), às 19h

A quinta edição do Cine Rebuceteio exibe o longa-metragem inédito “Angelus Novus”, dirigido pelo Duo Strangloscope, formado pelos catarinenses Cláudia Cárdenas e Rafael Schilchting. A sessão gratuita acontece dia 18 de setembro, às 19h, no Cinema do Dragão, e será seguida de debate com os diretores.
O Cine Rebuceteio é um cineclube mensal que exibe filmes brasileiros contemporâneos inéditos em Fortaleza, com programação agendada até dezembro. “Angelus Novus” é um filme experimental que busca quebrar as lógicas lineares e historicistas das narrativas tidas como comuns, a partir do delírio, da mística, do devaneio e do sonho, apontando um novo caminho para uma narrativa experimental.
'Angelus Novus' pode ser associado a um cinema contemporâneo por seu desejo por um 'cinema de deambulação', acompanhando a trajetória, física e espiritual, de um personagem em deriva, num percurso de errância. Liberto das amarras da narrativa clássica (de motivações e psicologia), não temos informações sobre esse personagem: ele apenas existe no instante, como corpo e como luz. Mais radical até mesmo do que filmes como 'Rosetta' (Dardennes) ou 'Os Mortos' (Lisandro Alonso), 'Angelus Novus' não tem mais a necessidade de orientar uma busca (um emprego ou o retorno ao lar), mas simplesmente reúne fragmentos autônomos, esses pequenos instantes de vida e de desejo, quando um corpo pulsa e somos felizes por isso, com toda a dor e angústia por estarmos vivos”, afirma Marcelo Ikeda, coordenador e curador do Cine Rebuceteio.
Os cineastas Cláudia Cárdenas e Rafael Schilchting integram o Duo Strangloscope, com produções voltadas inteiramente para a experimentação, ou seja, para a pesquisa do movimento, do ritmo e da composição com imagens e sons. Os diretores afirmam que seu trabalho está atravessado por ambiguidades conscientes, encorajando interpretações múltiplas e utilizando técnicas e temas paradoxais para a criação de um trabalho que requer participação ativa do fruidor da obra audiovisual.
Trabalhamos no cruzamento entre fronteiras que cremos não existirem mais Videoarte – Filme Experimental. O nosso trabalho audiovisual ultrapassa os limites da produção convencional de filmes. O aspecto experimental do nosso trabalho poderia residir desde o modo como utilizamos novas e diferentes formas de trabalhar com a câmera, utilizando diferentes tipos de iluminação, diferentes efeitos de áudio, performando ou até mesmo atuando”, explica a dupla.
As exibições do Cine Rebuceteio são mensais, sempre na terceira segunda-feira do mês, entre maio e dezembro de 2017. O evento tem o incentivo da Secretaria de Cultura do Ceará, como projeto contemplado no Edital de Cinema e Vídeo 2015.

Ficha Técnica:
Angelus Novus(2016, Experimental75', Cor)
Sinopse: A partir do delírio, da mística e do devaneio, romper com a lógica de uma narratividade historicista e positivista. Buscar, na aventura mesma do experimentalismo cinematográfico, um tempo-espaço imagem em que o Angelus Novus seja um chamado ao risco e uma ruptura com a lógica linear da acachapante contação de histórias críveis. Pelo incrível!!!! – grita o Angelus Novus.Realização: Duo StrangloscopeElenco: Edgard Navarro, Chico César, Juliane Elting e Daniel SantiagoTeaser: https://vimeo.com/159311881

Sobre o Cine Rebuceteio
O Cine Rebuceteio foi assim nomeado como uma singela homenagem ao filme “OH! Rebuceteio”, realizado em 1984 pelo diretor Claudio Cunha. O filme ficou por muito tempo legado ao estigma de uma pornochanchada grosseira, mas, nos últimos anos, houve uma revisão crítica que alçou o nome de Claudio Cunha a um grande artesão do cinema brasileiro, com outros títulos, como “Snuff”, “Vítimas do Prazer” e “O Gosto do Pecado”. “OH! Rebuceteio” foi exibido com grande destaque no prestigioso Festival de Rotterdam, em 2012, dentro da retrospectiva do cinema brasileiro que ocorreu neste festival. Além do irresistível bom humor que o título aponta, a proposta do Cine Rebuceteio é apontar para o fato de que muitos filmes no cinema brasileiro não conseguiram reconhecimento crítico no momento de sua produção, mas uma fortuna crítica fez com que, décadas depois, esses filmes pudessem ser melhor avaliados e pudessem ser reconhecidos em suas propostas artísticas.

Serviço:
Cine Rebuceteio - “Angelus NovusData: 18 de setembro de 2017Horário: 19hLocal: Cinema do Dragão (Rua Dragão do Mar, 81, Praia de Iracema)Entrada gratuita.Curta no Facebook: https://www.facebook.com/cinerebuceteio
Enviar

Deixe seu comentário: