terça-feira, 5 de setembro de 2017

Agora - Juiz está ouvindo testemunhas do processo que investiga a morte de motociclista

O juiz Antônio Carlos Pinheiro Klein Filho, titular da 4ª Vara do Júri de Fortaleza, está ouvindo testemunhas do processo que investiga a morte do motociclista Auricélio Lima Vieira, na rua Antônio Augusto, por volta das 5h45 do dia 7 de abril deste ano, após ser atropelado por Victor de Carvalho Alves. A audiência, que teve início às 16h desta terça-feira (05/09), ainda não tem hora para terminar. Estão previstas para serem ouvidas cinco testemunhas de acusação e cinco testemunhas de defesa.
O acusado responde pelos crimes de homicídio com dolo eventual (quando o agente, mesmo sem querer provocar a morte, assume o risco de ela ocorrer), além de tentativa de homicídio em relação a outras duas vítimas e embriaguez ao volante. A acusação ficará a cargo da promotora de Justiça Márcia Lopes e dos assistentes de acusação Victor Holanda e Artur Feitosa. Já a defesa do réu será realizada pelo advogado Paulo Quezado.
De acordo com a acusação, o réu, após discussão com duas pessoas não identificadas, mas apontadas como sendo travestis, tentou jogar o veículo contra uma delas, não consumando o delito por circunstâncias alheias à sua vontade. Minutos depois, o acusado teria retornado à rua Antônio Augusto, dirigindo em alta velocidade e na contramão, vindo a colidir com o motociclista, que não resistiu à gravidade das lesões e faleceu.
Enviar

Deixe seu comentário: