quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Agora - MPCE consegue condenação de homicida

Em sessão encerrada na noite desta terça-feira (19/09), a 3ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Fortaleza condenou o réu Alan Gerson Gouveia da Silva pelo homicídio cometido contra a própria namorada, a adolescente Juliana de Oliveira Raquel, durante a prática de "roleta russa", crime ocorrido em04/09/2014Os jurados reconheceram também que o réu praticou os crimes conexos de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Por tais crimes, o réu foi sentenciado a uma pena total de 16 anos e 8 meses de reclusão, além do pagamento de 177 dias-multa. O Poder Judiciário negou ao réu o direito de apelar em liberdade. Alan Gerson Gouveia da Silva foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) por homicídio duplamente qualificado, cometido por motivo fútil e uso de meio que dificultou a defesa da vítima (art. 121, parágrafo 2º, II e IV, do Código Penal).

Enviar

Deixe seu comentário: