domingo, 3 de setembro de 2017

Papa Francisco responde a jovens da Comunidade Shalom

Um chileno, um brasileiro e uma francesa se dirigem ao Papa com questionamentos sobre ateísmo, drogas e participação na Igreja
Nesta segunda-feira (4), Papa Francisco recebe 3 mil membros da Comunidade Católica Shalom na Sala Paulo VI, no Vaticano, em audiência privada. Dentre os peregrinos vindos de 26 países para participar da Convenção em comemoração a 35 anos da Comunidade, três jovens terão a oportunidade de fazer perguntas ao Sumo Pontífice.
A francesa Justine Lafeffèrrie, 25 anos, não esconde o nervosismo de ter sido uma das escolhidas para falar com o Papa amanhã. “É ao mesmo tempo uma confirmação de Deus na minha vida. Será como um grande grito de poder testemunhar tudo o que tive a graça de viver, como uma ‘jovem normal’, mas que foi escolhida por Deus e descobriu o seu lugar na Igreja”. Ainda sem ser batizada, Justine foi convidada por um sacerdote da Comunidade Shalom para ajudar na Jornada Mundial da Juventude da Polônia em 2016, e assim encontrou seu lugar na Igreja e recebeu o sacramento do batismo no Jubileu Extraordinário da Misericórdia. Hoje a jovem é missionária na Itália.
Assim como ela, o jovem chileno Juan Jose, 26 anos, é hoje missionário no Brasil. “Meu sonho é conhecer o Papa. Eu era totalmente anti-igreja. Após ter experimentado a misericórdia de Deus, sempre me senti acolhido pela Igreja e pelo Papa, e queria agradecer por isso. É uma experiência de reconciliação muito profunda de Deus e com a minha história”, afirma Juan.
Em um tempo em que a Igreja de todo o mundo se prepara para o Sínodo dos Bispos que tem como tema “Jovens e o discernimento Vocacional”, o brasileiro Matteus Patricio, 22 anos, é hoje vocacionado da Comunidade Shalom e um dos escolhidos para fazer uma pergunta ao Papa Francisco. “Estou muito nervoso, mas também muito alcançado pela graça de Deus por representar a juventude e cantar as misericórdias de Deus”.
A Convenção
A Comunidade Católica Shalom realiza em Roma, de 3 a 9 de setembro, a Convenção Shalom em comemoração aos 35 anos de fundação da instituição. Nesta segunda-feira, dia 4, além do momento de perguntas com o Papa, os peregrinos também participarão de audiência privada com o sucessor de Pedro. Ainda no dia 04, a Comunidade abre o Congresso Internacional de Jovens Shalom com a Santa Missa às 16h na Basílica de São João de Latrão. No dia 5 de setembro, o Congresso segue com palestras, shows, momentos de oração, além de pregação do fundador da Comunidade Católica Shalom, Moysés Azevedo a partir das 9h, no Auditorium della Conciliazione em Roma. A missa será presidida pelo prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, Cardeal Kevin Farrell.
No dia 7, a Convenção vai até Assis, a 130 quilômetros de Roma. O pregador da Casa Pontifícia, Frei Raniero Cantalamessa, ministra palestra para os participantes, a partir das 14h30min, na Basílica papal de São Francisco. No dia 8, a programação se volta para a Liturgia Mariana pela Festa da Natividade de Nossa Senhora, a partir das 13h30, na Basílica Santa Maria Maior, em Roma. No dia 9, com conclusão do evento, um novo envio missionário através da pregação do padre francês Daniel-Ange com o tema “O Espírito Santo te envia à missão” e missa presidida pelo Cardeal Lorenzo Baldisseri, a partir das 9h, na Basílica de São Paulo fora dos muros.
Enviar

Deixe seu comentário: