sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Chico Lopes apoia campanha em defesa da CAIXA


Em pronunciamento realizado na última quarta-feira (18), o deputado federal Chico Lopes (PCdoB-CE) destacou o lançamento de uma campanha realizada em todo o país, ratificando a luta em defesa do serviço e das instituições públicas. A atividade denuncia o desmonte dos bancos, em especial da CAIXA, pelo governo.

“Venho à tribuna para registrar que os empregados da CAIXA se juntaram ao Sindicato dos Bancários do Ceará para o lançamento da campanha #DefendaACaixaVocêTambém. Os trabalhadores da instituição voltaram às ruas de Fortaleza em defesa do serviço público e do patrimônio brasileiro. Sindicato e bancários prometem endurecer a luta e a resistência contra a ameaça de privatização do banco público”, reforça.

O parlamentar condena a proposta do governo Temer de “vender a CAIXA”. “A intenção de privatizar a CAIXA fica cada vez mais explícita, pois o governo pretende atrair bancos estrangeiros para participar da privatização da instituição. A atual direção da CAIXA quer transformar o banco numa S/A, (Sociedade Anônima) reduzindo seu papel social. Apesar do argumento de melhorar a governança, o objetivo real é transformá-la em Sociedade Anônima, o que abre espaço para a abertura de capital”.

Defender a CAIXA 100% pública é defender o Brasil

Chico Lopes reforça seu empenho em defender o patrimônio nacional, de continuar a luta contra as privatizações e se solidariza com todos os funcionários da instituição. “A CAIXA é um dos maiores patrimônios do povo brasileiro, pois tem sido, ao longo de sua existência, o principal agente de políticas sociais do governo brasileiro. Defender a CAIXA 100% pública é defender o Brasil”.

Mais

Federações e sindicatos de bancários de todo o país realizam, nesta semana, atividades para alertar a população sobre a ameaça de abertura do capital da Caixa Econômica Federal e a importância de se manter a empresa 100% pública.

A campanha #DefendaACaixaVocêTambém tem o objetivo de mobilizar todo o país com postagens, no Twitter e no Facebook, contra o desmonte do banco.
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.