segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Ecopolo Leste-Oeste recebe 262 toneladas de resíduos no primeiro mês de atividades e beneficia carroceiros

Inaugurado há pouco mais de um mês como projeto-piloto da Prefeitura de Fortaleza, o Ecopolo Leste-Oeste já vem apresentando resultados bastante positivos, no sentido de buscar transformar o cenário em relação à problemática do descarte irregular do lixo naquele entorno. Com o objetivo de envolver a população, o sistema gera benefícios pelo programa Recicla Fortaleza, além de renda para os carroceiros com o sistema e-Carroceiro, incentivando assim um comportamento cada vez mais sustentável na cidade.

Somente neste primeiro mês de atividades, a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Coordenadoria de Limpeza Urbana, contabiliza que os três Ecopontos do projeto receberam cerca de 262 toneladas de resíduos, sendo 256 toneladas de entulho de obras e cerca de 6 toneladas de material reciclável, como papelão, plástico, vidro e metal. Neste pouco tempo, já deixaram de existir 11 pontos de lixo na área de abrangência do Ecopolo Leste-Oeste e também já são 42 carroceiros cadastrados no sistema e-Carroceiro, que, pela troca de entulhos, dá crédito a carroceiros que pode ser utilizado no comércio da região.

No projeto do Ecopolo Leste-Oeste, inaugurado no dia 26 de agosto, a área de atendimento fica compreendida desde a Rua Jacinto Matos até a Avenida Pasteur. Naquele entorno, foram implantados, dentre outros benefícios, 12 lixeiras subterrâneas, três Ecopontos, 1,5 km de ciclofaixa, novas faixas para pedestres, sinalização e gradis no canteiro central. Iniciativa essencial nesse projeto, a primeira franquia social do sistema com a Sociedade Comunitária de Reciclagem de Lixo do Pirambu (Socrelp) ganhou forma, também recebendo o descarte adequado dos materiais recicláveis e ainda fornecendo o benefício do Recicla Fortaleza, que dá desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis.

O secretário de Conservação e Serviços Públicos, João Pupo, fala sobre as mudanças na região em pouco tempo. “Com a implantação do Ecopolo Leste-Oeste, já deixaram de existir 11 pontos de lixo na região de abrangência do projeto, cujo trabalho diário do Ciclomonitoramento e de fiscais logo fará com que mais locais também sejam requalificados. As lixeiras subterrâneas foram bem recebidas pela comunidade e a coleta dos resíduos descartados nelas é constante. A maior mudança pode ser constatada no canteiro central da Av. Leste-Oeste, que hoje considera-se limpo naquele entorno. Este novo conceito será replicado para outras microrregiões urbanas, também promovendo, além da limpeza, geração de renda em substituição às simples caçambas, que antes apenas incentivavam o descarte clandestino”, afirma João.

O Ecopolo Leste-Oeste surgiu como um novo modelo integrado de gestão de resíduos sólidos, em consonância com as políticas públicas adotadas pela atual gestão municipal. Os estudos técnicos para sua implantação envolveram órgãos da administração municipal, como a SCSP, Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFOR), Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) e a Secretaria Regional I.

A partir do estudo, a Avenida Leste-Oeste foi escolhida para iniciar o projeto pelo fato da região apresentar um conjunto de problemas e características que a torna uma das áreas mais críticas da cidade em relação à gestão dos resíduos sólidos. Naquela região, além da existência de vias de difícil acesso para as equipes que fazem o recolhimento, também são identificados cotidianamente o descarte de resíduos em dias, horários e locais inadequados, induzindo a um cenário crescente de sujeira e fazendo com que o atual serviço de limpeza, que chega a ser feito sete vezes todos dias, permaneça focado exclusivamente na coleta corretiva.

No entorno do Ecoponto Leste-Oeste, também estão sendo desenvolvidos programas de mobilização social e educação ambiental, com conscientização e credenciamento de carroceiros, além dos projetos “Agentes de Sustentabilidade”, “Alô Cidade Limpa”, “Ciclomonitoramento”, “Senhora Faxina” e “Reciclando Atitudes”. As lideranças locais da comunidade também estão unindo forças para apoio e divulgação quanto ao trabalho realizado no Ecopolo. O lixo doméstico, aquele produzido em casa diariamente, permanece sendo recolhido de porta em porta três vezes por semana, sempre às terças-feiras, quintas-feiras e sábados, pela manhã.

Programa e-Carroceiro
Numa parceria com o Banco Palmas, reconhecido por sua experiência em microcrédito social, e com a Ecofor Ambiental, concessionária responsável pela limpeza urbana em Fortaleza, foi criado como projeto-piloto o incentivo do programa e-Carroceiro. Dessa forma, os carroceiros são cadastrados para o descarte de entulhos nos três Ecopontos instalados na área do Ecopolo Leste-Oeste e são remunerados pelo Banco Palmas, que é o agente de microcrédito da plataforma, com o subsídio da Ecofor Ambiental.

O funcionamento é simples. O carroceiro leva o entulho a um dos três Ecopontos do projeto e o material é pesado. Após a pesagem, é repassado o crédito ao carroceiro, por meio de um cartão com moeda social, podendo ser utilizado no comércio da região.

Lixeiras Subterrâneas
Seis kits com duas lixeiras subterrâneas cada:
a) Rua Santa Inês, esquina com a Rua Costa Matos (por trás do Ecoponto Pirambu I)
b) Av. Leste-Oeste, 2973 (em frente ao Ecoponto Leste-Oeste)
c) Av. Leste-Oeste, vizinho ao número 3107 (ao lado da Igreja Universal)
d) Av. Leste-Oeste (canteiro central, em frente ao número 2857)
e) Av. Leste-Oeste (canteiro central, em frente ao número 2345)
f) Av. Leste-Oeste, vizinho ao número 2709 (ao lado do Núcleo de Justiça Comunitária)

Ecopontos do projeto-piloto
a) Ecoponto Leste-Oeste (Av. Leste-Oeste, 2973 – anexo à Escola Municipal Hilberto Silva)
b) Ecoponto Pirambu I (Rua Costa Matos, esquina com Rua Jacinto de Matos)
c) Ecoponto Pirambu II (Rua Santa Rosa, esquina com Rua Nossa Senhora das Graças)
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.