quarta-feira, 18 de outubro de 2017

PCdoB-CE realiza 23ª Conferência Estadual Gilse Cosenza

Os comunistas cearenses realizam neste final de semana, nos dias 21 e 22 de outubro, na Assembleia Legislativa do Estado, a 23ª Conferência Estadual do PCdoB-CE que receberá o nome de Gilse Cosenza, em homenagem à militante comunista de coração cearense que faleceu em maio deste ano, vítima de complicações de um câncer. A expectativa em torno do encontro é reunir cerca de 200 delegados eleitos nas quase 90 Conferências Municipais realizadas no Ceará que mobilizou mais de 4 mil filiados.

Um grande ato político marcará a abertura da 23ª Conferência Estadual do PCdoB no Ceará. Presidentes estaduais de partidos aliados, parlamentares, representantes da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal de Fortaleza, além de lideranças partidárias e de diversos movimentos sociais de todas as regiões do Ceará estarão reunidos na plenária final comunista neste sábado (21), em Fortaleza, para ratificar a luta em defesa da democracia e a construção de uma frente ampla para recolocar o país nos trilhos do desenvolvimento. José Reinaldo Carvalho, secretário nacional de Política e Relações Internacionais do PCdoB, representará o Comitê Central do Partido no encontro.

Comenda Bergson Gurjão

O reconhecimento pela trajetória de um dos maiores artistas cearenses. É com o intuito de enaltecer um dos principais ícones da cultura local que o PCdoB-CE concederá a Comenda Bergson Gurjão ao cineasta Francis Vale.

Advogado, funcionário aposentado da Fazenda Estadual, compositor e autor musical, roteirista e diretor de cinema. Filho de Raimundo Nonato do Vale e Expedita Gomes de Freitas do Vale, nascido em Belém do Pará, em 07 de janeiro de 1945. Foi trazido para Crateús em 1949 e Fortaleza em 1951, onde permanece até hoje, em meio a rápidas fugas. Em Fortaleza, estudou no Ginásio Mater Salvatoris (Parangaba), Liceu do Ceará e Faculdade de Direito da UFC. No Liceu concluiu o Curso Clássico em 1962. Em 1963, ingressa na Faculdade de Direito da UFC.

Em 1965, ingressa no PCdoB que se estruturava no Ceará, juntamente com Ozéas Duarte, João de Paula, Assis Aderaldo e Pedro Albuquerque, todos egressos do PCB e constituem o primeiro comitê universitário do Partido no Ceará. Francis passa a integrar a direção estadual (Comitê Regional do Ceará), dando assistência aos comitês universitário e secundarista. Na condição de dirigente do PCdoB, atuando nessa frente, participa intensamente da elaboração da política e da reorganização do movimento universitário e da reconstrução dos centros e diretórios acadêmicos e do DCE, que haviam sido destroçados e perseguidos em 64 com o golpe militar.

Em 1969, em razão da perseguição política do regime militar, entra na clandestinidade e é deslocado pelo Partido para Belém, no Pará, onde prossegue sua militância. Retorna para o Ceará em 1971, quando desligou-se da organização partidária, mas sem deixar de colaborar em muitas atividades. Foi um dos fundadores do “Mutirão”, combativo jornal cearense da imprensa alternativa, lançado em 1977, onde contribuiu com textos, organização e campanhas de finanças.

Integrou, mais recentemente, a coordenação estadual da Fundação Maurício Grabois, contribuindo com afinco para a realização do “Reencontro de Participantes da Resistência contra a Ditadura”. 

É responsável pela realização do Festival de Jericoacoara – Cinema Digital, autor de livros, compositor, presidiu a Associação Brasileira de Documentaristas – Secção Ceará (ABD-CE), e a Associação Cearense de Cinema e Vídeo (ACCV). Integrou o Conselho de Desenvolvimento da Cultura do Ceará (1996-1998) e é Professor substituto da UFC (2002-2003), onde ministrou a disciplina “Produção Audiovisual”, nos cursos de Extensão oferecidos pela Casa Amarela Eusélio Oliveira.

A Comenda Bergson Gurjão é a honraria que já faz parte da programação das Conferências Estaduais do Partido no Ceará. Instituída em 2009, é comenda é conferida a “pessoas ou instituições que se empenharam em prol da dignidade humana, do bem estar do povo, da democracia, da liberdade e de um Brasil justo”. Já receberam a honraria Dona Luiza Gurjão, mãe do comunista que batiza a comenda; Dona Lourdes Albuquerque; o jornalista Messias Pontes e o advogado Tarcísio Leitão.

Mais homenagens

Além do ato político de abertura e da Comenda Bergson Gurjão, o PCdoB-CE também prestará homenagens, in memorian, a comunistas cearenses que faleceram nos últimos dois anos: o farmacêutico Edson Pereira, o professor Miguel Silva, a militante das causas feministas Márcia Gomes e o comunista Expedito Ximenes.

Sobre o processo de debates

Durante o encontro, será debatido o Projeto de Resolução do 14º Congresso, com contribuições e emendas; além de discussão e aprovação de propostas para mudanças no Estatuto do Partido; realizam balanço do trabalho da direção estadual nos dois últimos anos e, com base nesta análise, elaboraram proposta de novas direções. A Conferência Estadual também elegerá os delegados que participarão da plenária nacional do Partido..

O processo de conferências realizado em todo o país tem em sua pauta central o debate acerca da resolução “Frente Ampla: Novos Rumos para o Brasil (democracia, soberania, desenvolvimento, progresso social)”, que se desdobra em quatro capítulos: 1) Conflitos e tensões no mundo, ofensiva imperialista e luta dos povos; 2) Balanço dos governos Lula e Dilma e avaliação do desempenho do PCdoB; 3) Governo ilegítimo contra o Brasil e o povo; 4) Fortalecer o PCdoB e elevar seu papel na resistência.

Programação

Sábado (21 de outubro)

8h - Início do credenciamento no local – Assembleia Legislativa do Ceará
9h - Plenária de instalação da 23ª Conferência (Instalação / Regimento Interno / Mesa Diretora – Comissão Eleitoral – Comissão de Resoluções)
9h30 - 1ª Plenária: Apresentação dos Projetos de Resolução Política do 14º. Congresso (José Reinaldo Carvalho, secretário nacional de Política e Relações Internacionais do PCdoB) / Apresentação das Propostas de alteração do Estatuto (15 min.)
10h45 - Intervalo
11h Ato político - Mesa – Homenagens – Comenda Bergson Gurjão
11h45 - Pronunciamentos (5 ou 6)
12h30 - Almoço
14h - 2ª Plenária: Debate sobre os temas em discussão no 14º. Congresso (30 intervenções de participantes de 4 min cada) - Prazo final para recolhimento de emendas aos materiais do 14º. Congresso
16h - Intervalo
16h15 - 3ª Plenária: Na entrada, entrega da Consulta Eleitoral. Continuação do debate (15 intervenções de 4 min cada) 
17h15 - Apresentação e deliberação do Relatório da Comissão de Resoluções
18h - Encerramento dos trabalhos do dia
Na saída do auditório, recolhimento da Consulta Eleitoral

Domingo (22 de outubro)

9h - 4ª Plenária: Balanço das atividades do Comitê Estadual (20 min) / Apresentação da proposta da Comissão Eleitoral de composição do novo CE (nº de membros e nominata) (20 min)
9h40 - Debate sobre o Balanço e a proposta do novo Comitê Estadual (25 intervenções de 4 min cada)
11h - Intervalo
11h20 - 5ª Plenária Continuação do debate (10 intervenções de 4 min cada)
12h - Apresentação da Proposta final da Comissão Eleitoral (30 min)
12h30 - Explicação sobre o sistema de votação (15 min)
12h45 – Almoço e início do processo de votação
14h30 - Encerramento da votação
15h - Proclamação dos resultados da eleição e Posse do novo Comitê Estadual – Encerramento e Reunião Extraordinária do novo Comitê Estadual.

Serviço

23ª Conferência Estadual do PCdoB-CE – Gilse Cosenza

Local: Auditório Murilo Aguiar (Assembleia Legislativa do Estado)

Sábado (21), das 8h às 18h
Domingo (22), das 9h às 15h

Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.