terça-feira, 17 de outubro de 2017

Secretário César Ribeiro fala hoje em reunião na FIEC sobre projetos prioritários da SDE

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Ceará, César Ribeiro, participa hoje à noite, a partir das 18h30, da reunião de diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). Na ocasião, o secretário irá abordar projetos prioritários da SDE, como:

 Hub de logítica portuário: Parceria entre os Portos do Pecém e Roterdã
-Foi assinado Memorando de Entendimento em março de 2017 na Holanda;
- Definição de Modelo de Negócio e apresentação de plano de execução deverá estar definido  até dezembro de 2017;
- A Mensagem nº 8163, de 11 de agosto de 2017,  foi sancionada pelo governador Camilo Santana, , para modernizar a legislação que trata da atuação da Companhia de Integração Portuária do Ceará (Cearáportos), que passa a ser CIPP S.A, ampliando seu objeto social, alterando sua vinculação administrativa e tornando a Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE-CE) sua subsidiária. 
-Gerenciamento integrado do Complexo;

Hub aério: Concessão do Aeroporto Pintos Martins | Chegada da Fraport/ Conquista do Hub da Air France/KLM/GOL
-No último dia 25 de setembro, a Air France-KLM e sua parceira GOL Linhas Aéreas
Inteligentes anunciaram que abrirão em Fortaleza seu terceiro centro de conexões
aéreas no Brasil, além de Rio de Janeiro e São Paulo.
- A partir de maio de 2018, a capital cearense terá, por semana, três voos para
Amsterdã, operados pela KLM, e dois voos para Paris, operados pela Joon, nova
empresa da Air France. Além disso, a Gol anunciou que reforçará a oferta de voos para
quatro capitais do Norte e do Nordeste (Recife, Salvador, Belém e Manaus) e criará
uma nova rota entre Fortaleza e Natal.
-Perspectiva de novos negócios em várias áreas.

-Hub de dados: Lançamento do cabo marítimo
A multinacional de telecomunicações Angola Cables lançou em 9 de agosto (9), em Sangano, na costa angolana, o cabo submarino de fibra ótica South Atlantic Cable System (Sacs). A previsão é de que o cabo chegue a Fortaleza em fevereiro de 2018, percorrendo 6.200 quilômetros pelo Oceano Atlântico. A Angola Cables está investindo cerca de 300 milhões de dólares em projetos na capital cearense. Além do cabo de fibra ótica South Atlantic Cable System (Sacs), a empresa constrói outra rede submarina, o sistema Monet, e um DataCenter localizado na Praia do Futuro. A previsão é de gerar cerca de 40 empregos diretos e 800 indiretos até 2030, segundo projeções da própria empresa. A empresa estuda ampliar atuação no Ceará, no CIPP, com empresa de manutenção dos cabos e serviços de telecomunicações.

Outros:
-Início das Obras do Polo Químico de Guaiuba;
-Polo Metal Mecânico do Vale Jaguaribe, em Tabuleiro do Norte, em fase de execução com  serviços de infraestrutura básica;
 -Polo de Saúde do Eusébio: criação de Grupo de Trabalho intersetorial; previsão de inauguração da Fiocruz até o fim do ano.

Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.