segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Agenda cultural - Maitê Proença traz a comédia "A esposa ideal" ao Theatro Via Sul Fortaleza







A premiada tradução de José Francisco Botelho busca inspiração na poesia popular brasileira, do repente nordestino à trova gaúcha, para reviver a Idade Média.

Baseado no conto "A Mulher de Bath", personagem dos Contos da Cantuária de Geoff rey Chaucer, uma das figuras basilares da literatura ocidental, chega aos palcos brasileiros pela primeira vez, em uma tradução que resgata a eloquência popular de sua fala. Ne sta adaptação para o teatro, e sta viúva de cinco maridos, nos chega renomeada como "A e sposa ideal". Maitê Proença traz a comédia dias 25 e 26 de novembro, ao Theatro Via Sul Fortaleza.

Uma mulher de vasta experiência e de ardorosa oratória conta a hi stória de sua vida, ao mesmo tempo inusitada e exemplar, universal e única: seus amores incansáveis, seus rigorosos rancores, suas paixões e vinganças, sua peregrinação à Terra Santa, suas traições e sua grandeza, seu conhecimento profundo do pecado, da salvação e do e spírito humano. Sua odisseia pessoal é entremeada com o relato fantástico de uma época imaginária: o mundo das lendas do Rei Artur, quando seres feéricos andavam pela Terra disfarçados em forma humana.  


Por Maitê

A viúva Alice parece uma mulher de agora, uma dessas neo femininas do movimento que ressurge, só que mais falante, mais bem articulada, inteligente e desbocada. E eu imaginava que as mulheres daquela época (A Idade Média) ficassem em casa rezando pelo marido que morreu.  Esta já enterrou cinco e quer mais um. É uma peça ágil, movimentada e cheia de surpresas. Uma mulher de bom coração, mas com índole indomável, revive seus cinco casamentos. Há brigas de casal, socos e beijos, tem rei, tem rainha, uma velha bruxa, um cavalheiro, um estuprador e uma virgem. Tem altas DRs. E tem fadas!
A linguagem bem moderna ora parece uma conversa íntima, com o ator falando direto para a plateia, e no momento seguinte, é teatral e física, com lutas e dança.

Chaucer teve a audácia e a graça de colocar essa história, que nós transformamos em teatro, na boca de uma mulher, uma viúva libertária.  Uma mulher que ama a vida, a alegria, o riso, o sexo, os homens, a diversão.  Ela é bem falante, tem ideias arrojadas e desejos a flor da pele, e a tudo descreve sem pudor ou mentira.  Alice é profundamente religiosa, e tudo o que faz, justifica pela Bíblia.  Nela o sagrado e o profano convivem perfeitamente bem.  Isso resulta divertido e cômico.

É um texto de interesse universal.  Uma mulher falando dos jogos e artimanhas do amor, das guerras infernais no casamento, do sexo e suas armadilhas, das diferenças entre homens e mulheres, da necessidade da soberania feminina, de seu pleito por liberdade.  São as mesmíssimas questões de hoje. Ele foi surpreendente em sua época e vai surpreender agora. 

O texto traz muitas mensagens.  Tem uma história dentro da história, que é profundamente moral, com ensinamentos lindos.  Tudo é dito de forma simples e atual, pensando na comunicação com o público. Amir Haddad e eu fizemos questão de respeitar o público pra que jamais ele se sinta menos do que aquilo que está vendo no palco.



SERVIÇO


"A esposa ideal" com Maitê Proença
Local: Theatro Via Sul Fortaleza - Av. Washington Soares, 4.335 - Edson Queiroz
Datas: 25 e 26 de novembro
Horário: Sábado 21 horas e domingo 19 horas
Ingressos: R$ 80 (inteira)  R$ 40 (meia entrada)
Classificação indicativa: 12 anos
Capacidade do Teatro: 732 Pessoas
Vendas: www.ingressorapido.com.br e bilheteria do Theatro Via Sul
Horário de funcionamento da bilheteria: De segunda a domingo, das 10 às 22h, inclusive feriados.
Acessibilidade: Elevadores, rampas de acesso e assentos especiais.
Estacionamento no Shopping Via Sul
Informações: (85) 3099-1290
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.