quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Hoje - Caso Kaic Roniele: acusada é interrogada em audiência no Fórum Clóvis Beviláqua

Ocorreu na manhã desta quarta-feira (08/11), no Fórum Clóvis Beviláqua, audiência na qual foi ouvida uma testemunha e interrogada Ana Paula Rodrigues Muniz, acusada do atropelamento que resultou na morte do menino Kaic Roniele. A sessão foi presidida pela juíza Natália Almino Gondim, auxiliando à 2ª Vara do Júri de Fortaleza.
Ao fim da audiência, a magistrada declarou encerrada a fase de instrução processual, intimando as partes (acusação e defesa) para apesentarem suas alegações finais, por meio de memoriais, nos prazos sucessivos de cinco dias para cada uma. Após isso, o processo estará concluso para decisão se a ré irá ou não a júri popular.
Segundo os autos (nº 0149220-37.2017.8.06.0001), Kaic Roniele Sousa Gurgel, de 12 anos, foi atropelado no dia 23 de outubro do ano passado, por volta das 7h30, na avenida Godofredo Maciel, bairro Parangaba. Ana Paula Rodrigues Muniz é acusada de homicídio duplamente qualificado (com meio cruel e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima) e omissão de socorro.
Conforme a denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE), a vítima transitava em uma bicicleta, na companhia da mãe, pela ciclovia, quando foi atropelada pelo veículo dirigido pela acusada. Após parar para fazer um retorno, ela não respeitou a prioridade que deveria ser dada aos ciclistas e, ao fazer a manobra, colidiu com a bicicleta da vítima.
Ainda de acordo com o MPCE, mesmo diante do alerta da mãe de Kaic, a motorista prosseguiu com a manobra, passando com o automóvel por cima do corpo da criança e o arrastando por alguns metros. Em seguida, fugiu do local, sem prestar ou solicitar qualquer tipo de socorro.
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.