quarta-feira, 1 de novembro de 2017

​​​ICC é escolhido para participar e sediar o Programa de Educação Continuada em Radioterapia

O Programa é uma ação da Fundação do Câncer e acontece entre os dias 01 e 05 de novembro. O ICC foi a única instituição escolhida do Norte e Nordeste para participar e sediar o evento o que chancela a referência do Instituto no cenário nacional

A Fundação do Câncer, instituição que realiza ações estratégicas para o controle do câncer no Brasil, por meio de programas e projetos em promoção da saúde, prevenção, diagnóstico precoce e pesquisa, escolheu, dentre todas as instituições de referência no combate ao câncer do Norte e Nordeste, o Instituto do Câncer do Ceará (ICC) para receber o Programa de Educação Continuada em Radioterapia, entre os dias 01 e 05 de novembro.

O curso, que visa unir cerca de 80 profissionais participantes, entre médicos, físicos médicos, enfermeiros e técnicos em radioterapia, terá 3 Módulos, com 40 horas de treinamento cada um. O primeiro módulo será o de 'Tumores de Cabeça e Pescoço’ e trará à Fortaleza profissionais renomados como o mestre e doutor pelo MD Anderson Hospital Universidade do Texas e coordenador do Programa Nacional de Formação em Radioterapia na Fundação do Câncer, Dr. Carlos Eduardo de Almeida, e o mestre em métodos Avançados em Física Médica pela Universidade de Heildelberg, Alemanha, Dr. Aluísio de Castro, além de vários profissionais do ICC e de outras instituições brasileiras.

Para o Dr. Carlos Eduardo de Almeida, é importante colocar as equipes na mesma sala em sessões plenárias para que os pontos comuns e as responsabilidades sejam identificados em relação aos diferentes atribuições nas etapas do tratamento. "É hora de atuar sobre a educação das equipes, e não sobre cada profissional isoladamente. É a compreensão da atuação coletiva que leva ao sucesso, pois quando as trocas de turnos e a divisão das atribuições não estão transparentes para as equipes, os resultados podem não ser os desejados", explica o Ph.D.

Segundo o CEO do ICC, Pedro Meneleu, sediar o evento demonstra a referência nacional que o ICC tem entre as grandes instituições brasileiras. “O nosso centro é especializado no diagnóstico, tratamento integral, ensino e pesquisa do câncer. A Fundação do Câncer nos escolheu pelo forte compromisso da instituição com a gestão e com a formação de profissionais a empreender e superar os desafios do mercado da saúde de forma responsável, humana e inovadora.”, afirma Meneleu.



Para dar enfoque prático à metodologia, foram desenvolvidos três Módulos de ensino: tumores de mama e ginecológicos, cabeça e pescoço e urológicos, que serão abordados de forma transversal a partir do ponto de vista do público-alvo em datas diferenciadas. As outras instituições escolhidas foram o Hospital Sírio Libanês de Brasília e de São Paulo, além da própria Fundação do Câncer, no Rio de Janeiro.
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.