sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Pré-candidata do PCdoB à Presidência da República, Manuela D´Ávila concede entrevista coletiva nesta segunda no Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Ceará


A deputada estadual Manuela D´Ávila (PCdoB-RS), pré-candidata do partido à Presidência da República, concederá entrevista coletiva nesta segunda-feira, 27/11, às 14h30, no Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Manuela D´Ávila, que é procuradora especial da Mulher, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, participa no mesmo dia, às 15h, do seminário "16 Dias de Ativismo: Direitos, Lutas e Resistência", promovido no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa, pela Procuradoria Especial da Mulher, da AL-CE, dirigida pela deputada estadual Augusta Brito (PCdoB-CE), com apoio de diversas instituições e entidades ligadas à luta das mulheres, além dos mandatos da vereadora Eliana Gomes e do deputado federal Chico Lopes (ambos do PCdoB), autor da Lei da Semana Nacional pela Não Violência contra a Mulher.

O seminário conta com participação de Maria da Penha, Zelma Madeira, Roberta Viegas, Eleonora Menicucci, Daniel Costa Lima, Cristina Buarque, entre outros convidados.

Mais sobre Manuela D´Ávila

Manuela D´Ávila é jornalista e deputada estadual pelo Rio Grande do Sul, já tendo cumprido dois mandatos como deputada federal, quando foi líder do PCdoB na Câmara dos Deputados. Foi indicada três vezes pelo Diap como uma das 100 “Cabeças” do Congresso e cinco vezes ao Prêmio Congresso em Foco, que premia os melhores parlamentares do Brasil. Em 2014 foi eleita deputada estadual e atualmente é também procuradora especial da Mulher da Assembleia Legislativa.

Em 1999, filiou-se à União da Juventude Socialista (UJS). Também foi vice-presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE). Em 2004, com 23 anos, foi eleita a mais jovem vereadora de Porto Alegre.

No PCdoB, ingressou em 2001 e, em 2013, foi eleita presidenta estadual do partido. Na Câmara Federal, Manuela foi autora da Lei do Estágio e relatora do Vale-Cultura e do Estatuto da Juventude, presidiu a Comissão de Direitos Humanos e foi coordenadora da bancada gaúcha. Como deputada estadual, apresentou projetos importantes e foi proponente de diversas audiências públicas para debate de problemas e soluções com a população.
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.