sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Senge-CE promove o projeto “Compartilhando Saberes” em 11 municípios cearenses

Com o objetivo de levar palestras técnicas e com temas atuais do Sistema Confea/Crea e Mútua para os estudantes e profissionais da área tecnológica de onze municípios do interior do Ceará, o Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge-CE) realiza nos meses de novembro e dezembro, o “Compartilhando Saberes”. As primeiras cidades que receberão o evento são Aracati e Limoeiro do Norte, nesta quinta-feira (23).

O objetivo é modificar a atual realidade dos profissionais na falta de conhecimento das inovações tecnológicas, legislação, o que dificulta o acesso ao mercado de trabalho e intercâmbio com a sociedade. A iniciativa foi viabilizada através de projeto do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) selecionada por chamamento público. “Há uma grande demanda dos profissionais sobre questões legislativas e atribuições profissionais, e ao mesmo tempo também existem as demandas técnicas sobre as suas atividades, que são, por exemplo, os resíduos sólidos, as energias renováveis e a Lei de Uso e Ocupação do Solo“, explica a presidente do Senge-CE, Helena Araújo.

As palestras serão ministradas por membros da diretoria e pelos conselheiros do Sindicato, além dos representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-CE) e dos profissionais de cada município. 

Além de Limoeiro de Norte e Aracati, o projeto acontecerá nos municípios de Iguatu, Crateús, Tauá, Juazeiro do Norte, Quixadá, Brejo Santo, Sobral, Tianguá e Fortaleza participarão do projeto. Realizado por meio de ciclos de palestras, o “Compartilhando Saberes” tratará de temas diferentes a cada edição, de acordo com a demanda dos profissionais de cada local.  “É uma oportunidade que a gente tem para divulgar e trabalhar com nossos parceiros, como o Crea e a Mútua, que vão nos ajudar nessa ação, e também com os diversos profissionais que possuem qualificação nos assuntos solicitados de cada município”, relata Helena.

Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.