sábado, 9 de dezembro de 2017

Cearenses se mudam para o Rio de Janeiro para estudar na Escola Sesc de Ensino Médio



Momento de preparação para o vestibular, o ensino médio é uma fase de muita pressão sobre os jovens que sonham ingressar na universidade. Mas a Escola Sesc de Ensino Médio, localizada no Rio de Janeiro, ambiente dinâmico e de acolhimento, transforma essa situação. Estudantes do Brasil inteiro vivenciam a experiência de morar em outra cidade, vivendo na própria escola e estudando em regime integral.

São selecionados, anualmente, alunos de todos os centros educacionais do Sesc do Brasil. Em 2018, os cearenses Maurício Cardoso, Kauan Gabriel e Thainá Tavares, de Fortaleza, Emanuelli Costa, de Ibiapina, Emilly da Silva, de Sobral e Mateus Araújo, de Juazeiro do Norte ingressarão na Esem após passar por uma seleção composta por prova de conhecimentos gerais, redação e entrevista. 

 Os aprovados para a Esem recebem uma bolsa integral que custeia despesas relativas à instrução, material didático-pedagógico e hospedagem com alimentação durante os três anos de estudo que correspondem ao Ensino Médio.

Cristiane Cardoso, mãe de Maurício, um dos aprovados, fala sobre a trajetória da família com o Sesc: “O que eu gosto na Escola Sesc é que ensina o jovem a pensar, ensina a ser crítico, a não ter medo de enfrentar a apresentação de um trabalho. O aluno não tem timidez, tem uma desenvoltura muito boa. A escola prepara o aluno para a vida”.

Inaugurada em 2018, a Esem possui uma estrutura com amplo espaço dedicado à educação, salas de aulas bem equipadas e com, no máximo, 15 alunos por turma, além de laboratórios, biblioteca e teatro. Outro destaque é o complexo esportivo com quadras, ginásio coberto, academia, campo de futebol e piscina.

Atividades extracurriculares fazem parte do cotidiano dos alunos. A escola Sesc oferece cursos de língua inglesa, espanhola, alemã e francesa além de cursos técnicos realizados em parceria com o Senac, e ações sociais em parceria com outras instituições. Existem ainda as oficinas de artes cênicas e plásticas, música, coral e outras.

“A importância de uma vivência dessa em uma escola como a esem é acima de tudo pela autonomia que eles adquirem. Três anos que passam na escola na ausência da família, ficam no dormitório com mais dois jovens de outros estados. Essa autonomia e a vivência do dia a dia com culturas diferentes é uma experiência muito grande. Sem contar com a experiência com relação ao estudo. A Esem é uma escola que prepara o aluno muito bem para o ensino superior. Não conheço nenhum jovem que tenha passado pela Esem que não tenha ingressado no ensino superior ”, é o que afirma Marta Araújo, diretora da escola Educar Sesc de Ensino Fundamental, em Fortaleza.

Os alunos constroem o aprendizado para além dos livros, trabalhando sua vivência e tendo novas experiências em visitas a campo. A escola também estimula os alunos a fazerem trabalho voluntário nas comunidades carentes da região. Outra vertente da escola é fazer com que os alunos desenvolvam autonomia, incentivando a organização e o compromisso com as responsabilidades assumidas.

SERVIÇO

Escola Sesc de Ensino Médio
Informações: (85) 3292.0100
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.