sábado, 2 de dezembro de 2017

Em primeira mão - Vereadores de Jijoca de Jericoacoara querem a criação de CPI da taxa do turismo sustentável de Jeri




Os vereadores de oposição ao prefeito de Jijoca de Jericoacoara, Lindberg Martins, do Solidariedade, vão requerer a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, conhecida como CPI, para investigar o porquê que a Prefeitura não disponibiliza na sua área de transparência no site oficial o que arrecadou com a taxa de turismo sustentável. Tudo indica que vão solicitar a criação da CPI antes da Câmara  Municipal de Jijoca de Jericoacoara entrar em recesso. Os vereadores são conhecidos como "Jair silva
Loro da Bernardina, Brancoso e Raimundinho Torquato".
Desde o dia 21 de setembro é cobrada uma taxa de R$ 5 reais por dia para os visitantes da paradisíaca praia de Jericoacoara. Ninguém o quanto foi arrecado em quase três meses de vigor.

Verifique AQUI. 

A Prefeitura começou a cobrar tomando por exemplo Fernando de Noronha. 

Pode ser paga pela Internet ou na entrada da vila.

Em outubro, o Blog Ceará é Notícia esteve em Jericoacoara que constatou a cobrança na entrada da vila.





A Prefeitura instalou um guichê e a fila em horários de chegada de turistas só aumenta. Fora o papel que você tem que levar ou a foto do papel para onde for. 

Muitos nativos chegam com turistas por outros caminhos desviando da área do posto de cobrança.

Perguntamos a uma das colaboradoras da Prefeitura, no posto de cobrança, se era possível ver no Portal do Governo municipal já se arrecadou em um mês de cobrança. Ela afirmou que se consegue. O que não condiz com a realidade.

O que se sabe é que a Prefeitura está arrecadando bem.

Segundo a Secretaria de Turismo do Ceará, a Praia deverá receber um aumento de 7% de turistas no primeiro de funcionamento do aeroporto no município vizinho de Cruz.

A taxa de turismo sustentável é polêmica. Jeri está em um Parque Nacional protegido pelo Governo Federal. Possui projetos de reciclagem de lixo com verbas estaduais e federais. E de repente a taxa. Muitos moradores perguntam o porquê?

O que eles sabem que muitos esportistas de kitesurf mesmo com dinheiro prefere não pagar a taxa indo praticar o epsorte em praias vizinhas. Tinha kitesurfista que chegava a passar 30 dias na vila.


Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.