sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Oportunidade - João Castellano e Cris Veit conversam com o público de Fortaleza sobre o trabalho em conflitos armados


Os convidados estão na mostra “Na Linha de Frente” com a série “Sonhos”, que retrata crianças sobreviventes da guerra

O Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza, no dia 16 de dezembro, a penúltima palestra com profissionais que tem obras exibidas durante a mostra “Na Linha de Frente”. O encontro com João Castellano e Cris Veit complementa a exposição, que reúne trabalhos da primeira geração de fotógrafos brasileiros de conflitos armados. As inscrições podem ser realizadas através do site sympla.com.br.

João Castellano é fotógrafo e, entre 2016 e 2017, morou por seis meses no Iraque para produzir imagens do conflito contra o Estado Islâmico. Seu trabalho durante esse período foi publicado em veículos como La Croix e Le Point (França), Al Jazeera, Serafina, Época, Folha de S. Paulo e, agora, está exposto no MFF, na mostra “Na Linha de Frente”. Ele retrata o impacto devastador da guerra contra o Estado Islâmico nas crianças sobreviventes, que tiveram sua vida interrompida pelo conflito: perderam parentes, amigos, casa, brinquedos. Seus sonhos, entretanto, seguem intactos. Como qualquer criança, idealizam um futuro onde poderão ser médicos, professores, jogadores. Seus retratos traduzem esse sentimento: têm uma expressão grave e ao mesmo tempo serena. Nos poucos segundos de captura de seus semblantes, não são mais vítimas – tornam-se protagonistas.

Crist Veit é editora de fotografia e designer, e escreveu o texto de abertura da série “Sonhos”, de João Castellano. Entre 2001 e 2013 foi diretora de arte da revista National Geographic Brasil, onde era responsável pela produção de reportagens fotográficas que mantivessem o alto padrão de qualidade pelo qual a publicação americana é conhecida.

Exposição

Aberta para visitação desde outubro, a mostra “Na Linha de Frente” tem curadoria de Fernando Costa Netto e apresenta mais de 70 registros de fotojornalistas ainda em atividade. São trabalhos de profissionais como Maurício Lima, vencedor do prêmio Pulitzer de 2016, André Liohn, vencedor da Medalha de Ouro Robert Capa, Felipe Dana, Yan Boechat e Gabriel Chaim.

Programação

Além de João Castellano, o Museu da Fotografia trará a Fortaleza, logo mais com data confirmada, Maurício Lima e Mônica Maia, presentes na exposição. As conversas são gratuitas e, para participar, o público deve realizar a inscrição previamente.

Serviço:
Palestra João Castellano
Data: 16 de dezembro (sábado)
Horário: 14h.
Local: Museu da Fotografia Fortaleza
Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE
Inscrições gratuitas pelo site sympla.com.br.
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.