sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Presidente do Porto do Pecém recebe novo CEO da CSP



Na manhã desta quarta-feira (8), o Presidente do Porto do Pecém, Danilo Serpa, recebeu o novo CEO da Companhia Siderúrgica do Pecém - CSP, Claudio Bastos. Serpa apresentou o porto ao novo comandante do maior Investimento privado no Estado e grande parceiro do Pecém, abordando os números alcançados e a parceria com o porto de Roterdã. 

O grupo realizou uma visita guiada ao terminal portuário do Pecém, acompanhou as operações das placas de aço produzidas pela siderúrgica e conheceu toda a infraestrutura do terminal, resultado dos investimentos do Governo do Ceará nos últimos anos. 

Desde o início do funcionamento do siderúrgica, já foram exportadas através do Pecém mais de 3 milhões de toneladas de placas de aço. Segundo o presidente do CIPP, Danilo Serpa, a CSP é um orgulho para todos os cearenses e uma importante peça na atual conjuntura econômica do Ceará.

“Desejamos muito sucesso nessa nova fase a frente da Siderúrgica e estamos a disposição para tudo que estiver ao nosso alcance, mantendo a parceria que construímos ao longo dos anos e resultou no sucesso de hoje”, finaliza Serpa.

Também participaram da visita Roberto Loureiro, diretor de gestão empresarial do Porto, Fábio Abreu, assessor da presidência, José Alcântara, coordenador de operações, Ricardo Parente, gerente geral de Relações Institucionais, Comunicação e Mídia da CSP, e Wilson Mariante, gerente geral de logística.

NOVO CEO 

Cláudio é formado em economia peIa Universidade de Brasília (UNB), com mestrado em Economia Industrial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e diversos treinamentos executivos de gestão, estratégia e liderança. 

Possui vasta experiência executiva. Atuou na Cepal - Comissão Econômica para a América Latina e Caribe, nos Ministérios da Indústria e Comércio e da Fazenda e em empresas de diversos setores: transportes, comunicação e mineração.

Nos últimos quinze anos, Cláudio Bastos atuou na Vale em diferentes países. Foi diretor financeiro na Vale Indonésia - produtora de níquel, e na Vale em Singapura para a Ásia e Pacífico; e por seis anos e meio presidente da Compañia Minera Misky Mayo, no Peru. Obteve resultados significativos nos aspectos financeiros e operacionais nas organizações que liderou.

Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.