quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Projeto de adoção municipal contempla novas áreas na Regional II

Conscientes do protagonismo dos cidadãos no desenvolvimento de iniciativas que melhorem sua cidade, dois moradores da área da Regional II de Fortaleza estão transformando a qualidade de vida da sua comunidade. Eles adotaram oficialmente áreas de uso compartilhado, com o intuito de cuidar e auxiliar o poder público nas ações de manutenção.
No bairro Cidade 2000, a Praça dos Evangélicos, que liga as Alamedas Beneditidas e Begônia, foi adotada pelo morador Israel dos Santos. O adotante acolheu o espaço público como uma extensão da sua residência e conta com orgulho como as famílias voltaram a frequentar a área. “Após a intervenção que realizei, as famílias voltaram a passear na praça. Nós temos que ser participantes diretos da construção da Cidade, não devemos somente aguardar o poder público. Em diversos locais, o poder público faz a limpeza e no outro dia as pessoas prejudicam este trabalho, por isso a participação direta da sociedade é tão interessante. Eu oriento a todos a adotar e cuidar de espaços públicos. Se isso não for feito, infelizmente, o poder público não vai conseguir fazer tudo sozinho”, afirma o morador.
Já no bairro Aldeota, Américo Picanço está auxiliando oficialmente o poder público na manutenção do canteiro central da Avenida Padre Antônio Tomás, entre as ruas Joaquim Nabuco e Osvaldo Cruz. O local foi transformado em um espaço para contemplação, por meio do plantio de flores e plantas ornamentais.
De acordo com o titular da Secretaria II, Ferruccio Feitosa, é de extrema importância o empoderamento da sociedade civil no desenvolvimento de ações que auxiliem o poder público na manutenção das áreas de lazer da Capital. “Quando a sociedade civil se empodera do espaço público e entende que aquela área é uma extensão da sua casa, ela passa a cuidar e ocupar com sabedoria. Nós agradecemos a todos os adotantes pela belíssima iniciativa”, enfatiza o secretário.
A cidade de Fortaleza já conta com 153 equipamentos públicos adotados oficialmente por meio do Programa Municipal de Adoção de Praças e Áreas Verdes, sendo 35 na área da Regional II de Fortaleza. De todas as áreas contempladas, 57 adoções foram realizadas por pessoas físicas.
Enviar

Deixe seu comentário:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.