ESCRITOR JOÃO ALMINO DA, ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, LANÇA LIVRO EM FORTALEZA

O  escritor e diplomata João  Almino, imortal da Academia Brasileira de Letras, lança neste sábado, 18, às 19h, na Livraria Leitura, do Shopping RioMar Fortaleza, seu mais recente livro, “Entre Facas, Algodão”. 

ENTRE FACAS, ALGODÃO
Quase trinta anos depois de seu primeiro romance e após seis romances ambientados em Brasília, João Almino escreve, em texto que prima pela linguagem, uma história que se passa principalmente no seu Nordeste natal. Um advogado em fim de carreira, habitante de uma das cidades do entorno de Brasília, abandona sua mulher e vai ao encontro dos fantasmas e fantasias de sua infância pobre ao comprar parcela da fazenda que pertenceu a seu padrinho, no interior potiguar e próxima à cidadezinha de Várzea Pacífica, onde também viveu. Segue em busca de um antigo amor, da vingança pelo assassinato de seu pai e de êxito no trabalho agrícola.
Um painel de dramas familiares, educação sentimental, ciúmes, ganância e disputas políticas vai se desenhando na sua memória, às vezes falha, ao longo da viagem de regresso a sua terra. Após a chegada, em meio ao contraste entre o velho e o novo, se depara pouco a pouco com surpresas que mudam não apenas seu futuro, mas também seu passado, levando-o a confrontos judiciais. Quem ele é realmente? De quem é filho? Quem foi o verdadeiro responsável pelo assassinato que ele veio vingar? A volta a Brasília se faz em situações dramáticas que lhe trazem nova perspectiva do que foi e será sua vida.

Sobre o autor

João Almino nasceu em Mossoró (RN). Diplomata e um dos nomes mais importantes da literatura nacional,  tem sido aclamado pela crítica por seus romances Ideias para onde passar o fim do mundo (indicado ao Jabuti e ganhador de prêmio do Instituto Nacional do Livro), Samba-enredo, As cinco estações do amor (Prêmio Casa de las Américas 2003), O livro das emoções (indicado ao 7o Prêmio Portugal Telecom 2009), Cidade livre (Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon 2011; finalista do Jabuti e do Portugal Telecom) e Enigmas da primavera (finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2016; prêmio Jabuti, 2.o colocado, pela edição em inglês). 
Entre facas, algodão é seu mais recente romance (2017). Alguns desses romances foram publicados na Argentina, Espanha,  EUA, França, Itália, México e em outros países. Seus escritos de história e filosofia política são referência para os estudiosos do autoritarismo e da democracia. Também autor de ensaios literários, doutorou-se em Paris, orientado pelo filósofo Claude Lefort. Ensinou na UNAM (México), UnB, Instituto Rio Branco, Berkeley, Stanford e Universidade de Chicago. Em 2017 foi eleito para a Academia Brasileira de Letras.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.