Circuito de exposições Praia de Iracema - MOSTRA BIENAL CAIXA DE NOVOS ARTISTAS ACONTECE EM FORTALEZA

Imagem inline 1




Exposição itinerante aporta na CAIXA Cultural Fortaleza com obras de 30 artistas de todas as regiões do país 

Série Indicadores – obra de Ana KawajiriI

Depois do sucesso da edição de 2015/2016, a CAIXA Econômica Federal apresenta a segunda Mostra bienal CAIXA de novos artistas. A exposição, que reúne trabalhos de novos talentos das artes visuais de todo o Brasil, aporta na CAIXA Cultural Fortaleza, onde fica em cartaz de 10 de janeiro a 11 de março de 2018. 

Durante quase dois meses, o público terá a oportunidade de apreciar, em primeira mão, 37 obras de 30 artistas provenientes de estados de todas as regiões do país: Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Os trabalhos contemplam diversos suportes, de desenhos a esculturas, passando por fotografias, gravuras, instalações, intervenções, pinturas, vídeo e instalações.

O conceito desta edição gira em torno da configuração das relações urbanas no momento atual. De modo a concretizar essa abordagem, a curadoria priorizou trabalhos que apresentassem qualidades artísticas resultantes da experimentação e da força poética visual. Assim, não só a potência do assunto de cada trabalho, mas também a contundência da abordagem dos diferentes artistas determinou a escolha dos nomes presentes na exposição.
“As obras expostas têm um potente diálogo contemporâneo e revelam um panorama das linguagens e propostas de uma emergente geração das artes visuais. Suas narrativas revelam o artista como um ator social crítico, pleno de cidadania, que se expõe e nos projeta para as complexas relações que se dão nas grandes cidades”, explica a curadora Liliana Magalhães. “As questões de gênero, raça, consumo, política, ética, meio ambiente e afirmação de direitos humanos e civis aparecem como uma síntese do agudo momento de transformação que vivemos”, enumera.

Seleção
Os participantes da coletiva tiveram seus trabalhos selecionados por duas etapas; primeiro por uma comissão de seleção e finalmente pela curadora dentre 1.414 obras inscritas por 616 concorrentes. Seguindo o regulamento, foram escolhidos nomes que ainda não exibiram trabalhos em exposição individual, colocando em prática mais uma iniciativa da instituição em divulgar artistas com formação nas artes e no início de suas carreiras. 

Dentre os artistas que participam da mostra, destaque para Cátia Lantyer, que traz para a CAIXA Cultural Fortaleza o trabalho Cidades Provisórias, feito nas ruas e das janelas de Salvador, onde e de onde a cidade é surpreendida, interpretada e ressignificada. “A obra busca olhar a cidade como lugar de identidades múltiplas, em constante processo de transformação”, explica. Já a gravura Nuvem, de Denise Silveira, do Rio de Janeiro, utiliza um tecido amassado para experimentar o resultado da sobreposição das transparências, resultando em “uma nuvem caótica de planos irregulares.    

De São Paulo, Felipe Seixas apresenta ao público a escultura Expansão, que busca explorar a construção da forma. “O trabalho exposto traz essa questão na tensão entre a solidez do concreto e a fragilidade do carvão”, explica o artista. Jefferson Medeiros, do Rio de Janeiro, também leva para a exposição uma escultura, Íyá, obra que “abraça sentidos, dando forma à saudade, à memória, às dores... é a busca pela estética dos sentimentos”, como faz questão de ressaltar. Ele leva ainda para a mostra a obra Gêneses, assemblage que “pretende atribuir responsabilidades, expondo o resultado da legitimação da escravização negra pelo cristianismo, através do sequestro e tortura com trabalho forçado”. 

Após a temporada em Fortaleza, ao longo de 2018, a Mostra bienal CAIXA de novos artistas cobrirá todas as outras unidades do espaço: Recife, Salvador, Curitiba e Porto Alegre. A Exposição também já passou pela CAIXA Cultural Brasília em 2017, com encerramento no dia 22 de dezembro.

Serviço:
Exposição: Mostra bienal CAIXA de novos artistas
Local: CAIXA Cultural Fortaleza
Abertura da exposição: 09 de janeiro de 2018, a partir das 19h
Período: 10 de janeiro a 11 de março de 2018  
Horário: terça-feira a sábado, das 10h às 20h | domingo, das 12h às 19h
Classificação indicativa: Livre
Entrada gratuita
Acesso para pessoas com deficiência
Paraciclo disponível no pátio interno

Informações gerais | Bilheteria CAIXA Cultural Fortaleza:
(85) 3453-2770

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.