sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Embalagens das Tintas Decorax são redesenhadas

A Hidracor apresenta as novas embalagens da tinta Decorax. Elas chegam às lojas com novas embalagens, passando a ter 20kg, com o intuito de ser um produto mais acessível e na medida que o consumidor precisa. Com a tinta é possível fazer efeitos decorativos nas paredes de casa, privilegiando o rendimento e sem desperdício.

Ideal para áreas internas, a Decorax traz como uma de suas vantagem o custo acessível. A facilidade na aplicação é medida pela ótima cobertura, grau de diluição e capacidade de se espalhar na superfície. A Hidracor é a única empresa no segmento a oferecer esse tipo de textura em uma embalagem de 20kg.

“Foi um produto relançado, pensando muito na tendência do mercado de decoração, construção e reforma. Queremos mostrar que é fácil, rápido e barato o cliente fazer uma pintura com efeito decorativo naquele cantinho especial da casa,” explica o diretor comercial da Hidracor, Rodrigo Andrade.  

A Hidracor
A ampliação no portfólio reflete o atual momento da empresa que, em 2017, apresenta crescimento de 38% em volume diante de um mercado que, no Nordeste, cresce 7%. Seu share estimado no NE, dentre as tintas normatizadas pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (ABRAFATI), varia de 15% a 25% nas principais categorias. No Ceará alcança de 30% a 40% nas principais categorias e se consolida cada vez mais como a melhor opção de qualidade e preço justo.

Sediada no Distrito Industrial de Maracanaú e com outra unidade em Acarape, a Hidracor é uma das maiores indústrias de tintas do Nordeste. Sua capacidade de produção chega a 100 milhões de litros/ano de tinta líquida. A Hidracor fabrica toda a linha de tintas e complementos para a construção civil, como corantes, tintas látex, esmalte sintético, texturas e solventes. Seu portfólio se completa com a tinta em pó e cal. Focada no mercado interno, está presente nas regiões Norte e Nordeste e Minas Gerais. Recentemente, chegou em Goiânia e também no Distrito Federal. 

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.