terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Instituto NET Claro Embratel apresenta grandes pensadores na educação do século XX em websérie

O Instituto NET Claro Embratel, responsável pelas iniciativas de responsabilidade social das três marcas, lança hoje a websérie “Os Pensadores na Educação”, voltado para levar mais conhecimento para professores. O conteúdo exclusivo foi dividido em cinco episódios e traz especialistas comentando obras de grandes pensadores. 
O primeiro capítulo “Piaget e o olhar para o início da vida” traz o professor aposentado Lino de Macedo, da área de psicologia do desenvolvimento da Universidade de São Paulo, comentando a obra de Jean Piaget, que criou uma das teorias da educação mais influentes do século XX. 
No dia 18 de janeiro vai ao ar o segundo episódio com participação de Edna Martins, coordenadora do curso de pedagogia da Universidade Federal de São Paulo, que apresenta Lev Vygotsky, um dos primeiros psicólogos a enfatizar o papel da cultura estimulada pela interação entre parceiros sociais. 
Já no dia 23 de janeiro, Laurinda Ramalho de Almeida, vice-coordenadora do Programa de Psicologia da Educação da PUC-SP, aborda a obra do médico, filósofo e educador Henri Wallon, que idealizou a reforma do sistema de ensino francês.  
“Montessori e a criança no centro” é a sequência da série e Mitsuko Antunes, professora de Psicologia da Educação da PUC-SP, relembra os pensamentos de Maria Montessori, que inovou ao valorizar o papel do aluno no processo de aprendizagem. O episódio vai ao ar no dia 30 de janeiro. 
No capítulo final, previsto para o dia 1º de fevereiro, Paulo Padilha, diretor do Instituto Paulo Freire, narra a trajetória do educador e a importância de sua obra, além de apontar alguns de seus principais conceitos. 
Para fechar com chave de ouro, no dia 6 de fevereiro, será realizado uma live no Facebook do Instituto NET Claro Embratel. Especialistas vão debater ao vivo o tema “Como as ideias dos pensadores podem estar presente na sala de aula?”
“Temos o papel de colaborar na transformação da sociedade do nosso País por meio da internet, que rompe as barreiras do conhecimento. A partir do lançamento dessa série, poderemos ajudar na educação e no conhecimento, além de engajar mais pessoas para debater e nos ajudarem na construção de uma sociedade mais justa e mais inclusiva”, explica Daniely Gomeiro, vice-presidente de projetos do Instituto NET Claro Embratel.  
O conteúdo será disponibilizado no novo portal do Instituto NET Claro Embratel, no www.institutonetclaroembratel.org.br, no Youtube (https://www.youtube.com/user/NETRespsocial) e nas redes sociais do Instituto (https://www.facebook.com/institutonetclaroembratel/). 
SOBRE O INSTITUTO NET CLARO EMBRATEL 
A área de Responsabilidade Social do Grupo Claro, composta pelas marcas NET, Claro e Embratel, investe continuamente em ações relacionadas à Educação e à Cidadania, por meio do Instituto NET Claro Embratel, com o objetivo de atuar em frentes sociais que integram a tecnologia e a informação como fonte de desenvolvimento e conhecimento.   
O Instituto NET Claro Embratel é qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Ministério da Justiça, e é reconhecido pelo Departamento de Informação Pública das Nações Unidas (DPI/ONU) como uma organização não governamental corporativa que promove os ideais e princípios sustentados pela Carta das Nações Unidas. 
Além disso, através de sua Plataforma Institucional, as marcas NET, Claro e Embratel propõem a conexão entre as pessoas para a construção de um amanhã gigante. O movimento é parte de uma iniciativa que trata a gestão corporativa e manifesta o compromisso com a sociedade. Entre as iniciativas estão os Theatros NET São Paulo e Rio de Janeiro, Estação NET Cinema, NET Live Brasília, entre outros. Conheça outras realizações no Relatório Social de 2016 do Instituto https://www.institutonetclaroembratel.org.br/quem-somos/relatorio-social/ 

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.