Marimbanda circula com oficinas musicais e shows gratuitos na Rede Cuca Fortaleza

Os meses de janeiro e fevereiro terão momentos especiais para a Marimbanda. O quarteto de multi instrumentistas, frutos da periferia, circula pela Rede Cuca Fortaleza com oficinas e apresentações gratuitas nos dias 19 e 26 de janeiro e 16 de fevereiro, às 15h e 20h, nos Cucas Mondubim, Jangurussu e Barra, respectivamente.

Alunos da instituição, de outras escolas de músicas, músicos, professores e o público em geral são convidados a prestigiar e conhecer um pouco mais sobre a trajetória e a musicalidade instrumental do grupo, com bagagem de 18 anos de estrada. Durante a tarde, entre 15h e 17h, o estúdio de música está aberto a uma master class (aula teórico e prática) de sopros, baixo, violão, teclado, bateria e prática em conjunto. Juntos, músicos, participantes e professores vão trocar experiências e saberes numa tarde rica de conhecimento.  

Já a noite, às 20h, o Anfiteatro será palco para 50 minutos de um repertório magnífico, composto por sambas, choros, frevos, bossas, jazz e funk. Isso mesmo, o funk do Ed, como é conhecido o educador Edmundo Vitoriano, homenageado da noite. Tudo aberto e gratuito para integrar comunidade, estudantes e músicos reforçando que a música expande as barreiras culturais e sociais.

“Somos um grupo formado por 4 músicos multi instrumentistas, moradores de bairros periféricos, como Itaperi e Granja Lisboa, e estamos felizes em compartilhar nossas vivências com jovens que também desejam seguir carreira musical. Um dia, lá atrás, fomos nós que sonhamos com isso. Hoje, somos realizados profissionalmente, vivemos de música e queremos motivar essa galera pois é possível, mesmo diante das dificuldades encontradas pelo caminho”, compartilha Heriberto Porto, flautista e integrante da Marimbanda.

Este projeto é apoiado pelo Edital das Artes de Fortaleza 2016, promovido pela Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor), por meio da programação “Encontros Musicais”. Ação de fruição musical por meio da realização de encontros com apresentações de bandas/artistas reconhecidos local, regional e nacionalmente, realizada na Rede Cuca de Fortaleza.   
 
Sobre os músicos
Luizinho Duarte, baterista, violonista e arranjador de grande experiência no cenário musical nacional. Trabalhou com Fagner, Zeca Baleiro, Maria Bethânia, Elza Soares, Leila Pinheiro e, anteriormente, Tim Maia. Dirigiu e participou, ainda, os grupos Só com Z Trio, Metalira Big Band e Gargalhada Choro Banda. É maestro no Projeto da Orquestra de Barro de Cascavel (Uirapuru).
Heriberto Porto, flautista com Mestrado em flauta e música de câmara no Conservatório Real de Música de Bruxelas, lá estudou jazz e improvisação e também gravou dois CDs: “Cheiro de Choro” e “Music of Latin- America”. Foi coordenador pedagógico dos Festivais: Jazz & Blues de Guaramiranga, Música é Para Vida, Violoncelos em Folia e Música na Ibiapaba. É, ainda, professor da Universidade Estadual do Ceará – UECE (flauta transversal, harmonia, improvisação e prática de conjunto) e atua, igualmente, no universo da música erudita, através do Duo Phoebus com Bruno Fragoso e do grupo Syntagma.
Thiago Almeida pianista, demonstra uma incrível maturidade musical e conhecimentos harmônicos e técnicos para seus 30 anos de idade. Músico profissional desde os 11 anos de idade, faz da música um exercício de libertação e busca interior, o que torna o seu toque emocionante e inconfundível. Lançou um aclamado CD com seu trio em 2015. O pianista, juntamente com o violonista Cainã Cavalcante e o seu Duo Elo, foi o vencedor, dentre mais de 100 inscritos em todo o Brasil, do Concurso Novos Talentos do CopaFest, um dos melhores festivais de música instrumental brasileira, no Rio de Janeiro. Em 2015 apresentou um recital em piano solo no Teatro Celina Queiroz da Universidade de Fortaleza. Desde 2015 apresenta recitais em piano solo em Teatros de Fortaleza. Ganhador do Prêmio Mimo Instrumental com o projeto Piano Solo, Adubo e Floresta e apresentação no Festival em Ouro Preto em 2017.
Miquéias dos Santos, músico contrabaixista autodidata, violonista, compositor e professor, Miquéias, desde o início de sua carreira musical, vem participando de shows, produções e gravações de CDs e DVDs de inúmeros artistas, como: Fagner, Manassés de Souza, Waldonys, Jackson Antunes, Amelinha, Gabriel Gross (Gaitista), Marcio Montaroyos (Trompetista), José Stanek (Gaitista), Carlinhos Patriolino, Adélson Viana, Luisinho Calixto, Isaac Cândido, dentre outros. Navega com segurança nos instrumentos de cordas (violão e contrabaixo), sendo destaque em vários festivais regionais e nacionais.
Serviço

Rede Cuca Fortaleza
Cuca Mondubim| 19/01, com oficina (15h) e show (20h)
Rua Santa Marlúcia, s/n - Mondubim
Telefone: (85) 3499.0007

Cuca Jangurussu| 26/01, com oficina (15h) e show (20h)
Av. Gov. Leonel Brizola, s/n - Jangurussu
Telefone: (85) 3444.6223

Cuca Barra| 16/02, com oficina (15h) e show (20h)
Telefone: (85) 3211.4320

Classificação| Livre
Duração| 50 minutos
Programação gratuita
Mais informações| (85) 98710. 1186 (Rosina -  produtora da Marimbanda)

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.