Operação Sunset: mantida prisão de italiano acusado de associação para tráfico de drogas no litoral

O italiano Cristiano Paciorri teve indeferido o seu pedido de revogação da prisão preventiva. Ele é acusado de tráfico de drogas e associação para tráfico. Os crimes, que ocorriam no litoral cearense, foram descobertos pela investigação conhecida como Operação Sunset. A decisão, da juíza Carla Susiany Alves de Moura, respondendo pela 3ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas de Fortaleza, foi publicada no Diário da Justiça dessa quarta-feira (24/01).
A magistrada manteve a prisão para garantia da ordem pública, com base no artigo 312 do Código de Processo Penal. “Verifico que já foi declarada encerrada a instrução e o feito, atualmente, encontra-se concluso para sentença. Tendo em vista a complexidade do caso em questão, que conta com vários réus e que houve a apreensão de grande quantidade de droga, é justificável a demora na prolação da sentença. No entanto, a sentença já encontra-se em elaboração e, assim, entendo que não é conveniente a apreciação do pleito da defesa neste momento, posto que o feito encontra-se na iminência de ser julgado”, explicou.
Consta nos autos (n°s 0043427-12.2017.8.06.0001 e 0115678-62.2016.8.06.0001) que a Polícia Civil, a partir de junho de 2015, passou a investigar informações sobre tráfico de drogas em Fortaleza e Jericoacoara. Por meio de interceptações telefônicas, na denominada “Operação Sunset”, acompanhou e identificou toda a organização criminosa, composta de 11 réus. Segundo as investigações, Cristiano Pacciori mantinha, em Jericoacoara, uma pizzaria que era utilizada para distribuir drogas. O italiano foi preso em 2 de dezembro de 2015, durante a terceira e última fase da Operação, que consistiu na prisão dos envolvidos e nos cumprimentos de mandados de busca e apreensão.
Fonte: TJ-CE

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.