sábado, 13 de janeiro de 2018

Prefeitura intensifica ações de proteção integral de crianças e adolescentes durante o Pré-Carnaval

Serão entregues material e pulseiras de identificação, sensibilizando a população sobre as situações de vulnerabilidade infantil
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci) e da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) promove a ação preventiva para acompanhar possíveis casos de violações de direitos contra crianças e adolescentes no Pré-Carnaval de Fortaleza.
Com apoio dos programas Ponte de Encontro, Rede Aquarela e Adolescente Cidadão, cerca de 50 profissionais estarão nos locais de maior fluxo dos foliões fazendo abordagem social e identificação de situações de violação de direito que envolvam crianças e adolescentes, tais como: trabalho infantil, abuso e exploração sexual, situação de rua, mendicância, negligência, crianças perdidas, consumo de bebidas alcoólicas, droga e outras violações de direitos.
Será promovido ainda trabalho educativo, com entrega de material e pulseiras de identificação sensibilizando a população sobre as situações de vulnerabilidade infantil. Agentes do Poder Judiciário do Estado do Ceará também participarão das ações.
De acordo com Tânia Gurgel, presidente da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), a operação dá continuidade à Agenda de Convergência, que articula ações intersetoriais dos governos estadual e municipal com o objetivo de proteger integralmente crianças e adolescentes. “A Funci está presente em todos os grandes eventos do calendário de Fortaleza com ações preventivas assegurando a não violação dos direitos, principalmente, do abuso e exploração sexual”, concluiu.  
A festa terá abertura oficial nesta sexta-feira (12/01) e seguirá até o dia 4 de fevereiro nos tradicionais polos da Praça do Ferreira, Mercado dos Pinhões, Mercado da Aerolândia, Mocinha, Aterrinho da Praia de Iracema, Passeio Público e Polo de Lazer Sargento Hermínio, e também, em mais três polos: Largo Luís Assunção (ao lado do Centro Cultural Belchior), Benfica e Monsenhor Tabosa.

Agenda de Convergência
Em 2013 e 2014, a Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci) coordenou o Comitê de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes no contexto de grandes eventos, a Agenda de Convergência, que atuou durante a Copa das Confederações e Copa do Mundo na proteção de crianças e adolescentes vítimas de violações de direitos. Essa experiência resultou na consolidação de atividades sistemáticas e integradas de proteção da Prefeitura de Fortaleza, sendo hoje uma realidade nos grandes eventos que acontecem na Capital, a exemplo do Pré-Carnaval, Carnaval, São João, Fortal, Réveillon e shows internacionais.
DenuncieA denúncia é dever de todo cidadão que toma conhecimento de uma violência praticada contra crianças e adolescentes. Em situações de suspeita ou confirmação é importante notificar o Plantão do Conselho Tutelar de Fortaleza, pelos telefones 3238-1828 ou 98970-5479, ou ligar para o Dique 100, a ligação é gratuita, anônima e com atendimento 24 horas todos os dias da semana.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.