Quatro Filhotes de pavão e um de arara vermelha nascem no Parque Zoológico Municipal de Fortaleza

Os filhotes estão saudáveis, recebendo cuidados dos pais.


Quatro filhotes de pavão indiano e um de arara vermelha grande (Ara Chloropterus) nasceram no Parque Zoológico Municipal Sargento Prata, localizado no bairro Passaré. Com o nascimento, o zoológico passa a ter 10 pavões, sendo dois machos, quatro fêmeas e quatro filhotes, 5 araras vermelhas,  e uma arara Canindé. Os filhotes só poderão ter o sexo conhecido a partir de exames de sexagem.
Os filhotes de pavão estão saudáveis, recebendo cuidados dos pais e disponíveis para visitação. Segundo a bióloga Andressa Fraga, chefe do Núcleo de Administração do Zoológico, os animais começam a se diferenciar por causa da plumagem. “O macho começa a formar a calda que vai se completar quando o animal tiver por volta de 2 anos de idade.” 

 O pavão indiano, conhecido com pavão comum ou pavão azul, é uma ave de origem indiana. Uma vez por ano os machos trocam toda a plumagem da cauda, que cresce novamente no meio do ano. Esta plumagem quando aberta, tem a função de atrair a fêmea para a cópula. Os animais comem sementes, insetos, folhas e pequenos frutos e chegam a viver por 24 anos.

O filhote de arara está sendo alimentado pelos pais e ainda não saiu do ninho, portanto não está visível para os visitantes. “É mais uma reprodução bem-sucedida dessa espécie aqui no zoológico”, disse a chefe de núcleo e Bióloga do zoológico, disse Andressa Fraga. A bióloga ainda revela que de 2015 a 2017 esse já é o quarto filhote nascido.

A arara-vermelha-grande mede de 73 a 95 centímetros de comprimento e pesa até 1,5 quilos. Ela se chama vermelha, mas é colorida e ainda tem as asas azuis com uma faixa verde. Por causa deste detalhe é também conhecida como arara-verde. Não é considerada como sendo ameaçada de extinção embora tenha desaparecido de lugares onde antes era comum. De acordo com Andressa, a reprodução da espécie em cativeiro é celebrada como uma conquista, tendo em vista que isso demonstra os cuidados adequados recebidos pela equipe do zoológico, comenta.

Além dos pavões e araras outras atrações são as marrecas, os urubus-rei, tucanos, avestruzes, cutias, jaguatiricas, macacos prego, e os gaviões.

Com a chegada desses novos animais o zoológico conta, agora, com aproximadamente 150 animais de 45 espécies entre mamíferos, répteis e aves, a maioria da fauna brasileira. Com uma área verde de aproximadamente quatro hectares, mantido pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), funciona de terça a domingo das 09h às 16 horas, obedecendo às exigências da legislação vigente. A entrada é gratuita.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.