quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Carnaval - Dragão do Mar terá programação de shows gratuitos e cinema durante o feriadão de Carnaval, além de atrações carnavalescas, a partir desta quinta-feira

As atrações de Carnaval se concentram de quinta a domingo, com os blocos Chão da Praça e Iracema Bode Beat e ainda a festa “Catiguria: o Baile de Carnaval”. Tem programação também para que não quer folia, com shows de blues, tributos a João Gilberto e Pixinguinha, Festival de Violoncelos e sessões especiais de cinema

           O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura não para durante o feriadão de Carnaval: tem programação gratuita para todos os gostos. Nesta quinta-feira (8), às 19h, o Bloco Chão da Praça encerra a edição 2018 do bloco com mais um Baile à Fantasia, na Praça Verde, trazendo participação especial do Bloco Luxo da Aldeia.

          No sábado (10), os Djs Catiguria, a banda DubaileLas Tropicanas, Uaná System (PA) e Lucas Estrela (PA) fazem a festa Catiguria: o Baile de Carnaval, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Domingo (11) é dia de Iracema Bode Beat, a partir das 16h20, num dos cortejos carnavalescos mais concorridos da cidade.

          Para quem quer mais tranquilidade, o Dragão do Mar apresenta Dragão Blues e shows de tributo a João Gilberto e Pixinguinha e ainda parte do Festival de Violoncelos, no Teatro Dragão do Mar, com acesso gratuito. Cinema do Dragão apresenta ainda a mostra especial Semana do Oscar, durante o feriadão, quando serão exibidos dez longas-metragens concorrentes em diversas categorias da tradicional premiação americana, distribuídos de 8 a 14 de fevereiro. Os ingressos custam R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia), com valores promocionais às terças-feiras, R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Confira a programação completa abaixo.




DIA 8 | Quinta

► Baile à Fantasia do Dragão
Depois de um Pré-Carnaval agitado, com milhares de pessoas todas as quintas-feiras, na Praça Verde, o Bloco Chão da Praça encerra a edição 2018, com mais um Baile à Fantasia do Dragão. Comandado pela banda Os Transacionais, o bloco une o Brasil das décadas passadas através de frevos, galopes, afoxés, marchinhas e cirandas.
É uma verdadeira peregrinação musical carnavalesca que vai de Olinda a Salvador, passando pelos bailes cariocas e pelas praias do Ceará. Homenageado este ano, as composições do cearense Fausto Nilo ganham ainda mais destaque no repertório da noite, com a participação do Bloco Luxo da Aldeia. Quem abre a noite é o som dos vinis do DJ Alan Morais.
+ Das 19h às 23h, na Praça Verde. Classificação etária: 18 anos. Acesso gratuito. Não é permitido o acesso com bebidas no espaço.



DIA 9 | Sexta

► Dragão Blues
Programa mensal do Dragão do Mar realizado em parceria com a Casa do Blues, o Dragão Blues apresenta, a cada edição, um show temático relacionado ao gênero blues. Nesta edição de Carnaval, o público poderá conferir tributo especial ao cantor e guitarrista norte-americano Robert Johnson. Johnson é um dos músicos mais influentes do Mississippi Delta Blues e é uma importante referência para a padronização do consagrado formato de doze compassos para o blues.
+ Às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Classificação etária: Livre. Acesso gratuito.



DIA 10 | Sábado

► Catiguria: o Baile de Carnaval
A festa Catiguria comemora um ano desde a primeira edição, com um baile de carnaval, no Centro Dragão do Mar. Os djs Catiguria e a banda Dubaile, residentes da festa, recebe o Uaná System, um duo audiovisual criado em Belém do Pará, formado pelo DJ Waldo Squash e o VJ Luan Rodrigues. A apresentação terá ainda a participação do paraense Lucas Estrela e do trio Las Tropicanas, formado por Pepita York, Di Ferreira e Lorena Nunes.
+ Às 16h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Classificação etária: Livre. Acesso gratuito.


► Planeta Hip Hop
Crews de breaking e outras danças do hip hop promove encontros com dançarinos do gênero, com Dj tocando ao vivo.
+ Às 19h, na Arena Dragão do Mar. Classificação etária: Livre. Acesso gratuito


► Festival Internacional Violoncelos em Folia
No Carnaval, de 9 a 13 de fevereiro, Fortaleza sediará a terceira edição do Festival Internacional Violoncelos em Folia, um grande encontro de estudantes, profissionais e apreciadores desse instrumento. As apresentações são gratuitas e serão realizadas em vários espaços da cidade. No Dragão, a programação acontece no dia 10, no Teatro. O evento em Fortaleza é a versão brasileira do festival Violoncelles en Folie, iniciado em Briançon, França, no verão de 2006, sob direção do violoncelista cearense Fernando Lage, professor do Conservatório de Briançon, que também dirige a edição nacional.
Na cidade francesa, o evento, que faz parte do calendário europeu de festivais, é marcado por seu formato descontraído e aberto a participantes de todos os níveis e idades que, além da série de concertos, vivenciam a prática e teoria do instrumento durante as férias. Este ano o festival na França chega à décima terceira edição.
A versão brasileira segue a mesma linha de congregar praticantes e apreciadores do violoncelo além de oferecer ao público concertos nacionais e internacionais de qualidade. Para a cidade de Fortaleza, este encontro de violoncelos representa uma importante alternativa de ocupação dos equipamentos culturais. É também uma boa opção cultural para turistas e moradores que buscam uma programação não momina durante o período de Carnaval em Fortaleza.
O festival é uma realização da Trilha Sonora Arte e Cultura, Delantero Comunicação e Lumah Produções Culturais.
+ Às 19h30, no Teatro Dragão do Mar. Classificação etária: Livre. Acesso gratuito com retirada de ingressos, a partir das 17h30, na bilheteria.



DIA 11 | Domingo

► Bloco Iracema Bode Beat
Em 2018, depois de ter casado com o Bode e parido o Carnaval, Iracema entra em crise. Crise já vivida pelo Poeta Descomunal, Mário Gomes, cuja vida em toda a sua plenitude não cabia no cotidiano burguês da provinciana Fortaleza ― e inevitavelmente o encontro dos dois provocou no Bode o nascimento dos chifres.
A partir desse mote, Iracema Bode Beat, o Bloco, conta em 2018 a saga desse encontro ― que gerou no Bode muita reflexão (além dos chifres), na Iracema muito tesão (sem mea-culpa) e no poeta o anúncio do fim da depressão que acometeu a humanidade desde que o mundo é mundo, mas que como o beijo encantado de um príncipe que engoliu milhões de estrelas e acordou mil anos depois acordou também na cidade a alegria dos encontros impossíveis e derreteu a maldade dos que erram pela ignorância de que há leis maiores do que a da gravidade.
Ao som de muitos metais, tambores e atrações circenses, o bloco entoa o melhor do Carnaval de rua junto dos cantores Daniel Groove e Nayra Costa.

Programação
16h20 - Cortejo a partir do Largo dos Tremembés em direção à Praça Verde18h - Banda Iracema Bode Beat, com Daniel Groove e Nayra Costa, na Praça Verde20h - DJ Guga de Castro, na Praça Verde

+ A partir das 16h20. Acesso gratuito. Classificação etária: 18 anos. Não será permitida a entrada com bebidas, na Praça Verde.



► Show “Salve João Gilberto”, com Marcus Caffé
Marcus Caffé, intérprete e cantor brasileiro, levanta a bandeira da música brasileira ao homenagear João Gilberto, o representante de uma das mais importantes estéticas brasileiras, a bossa nova em seu violão gago. O trabalho estreou em dezembro de 2017, com o violonista Carlinhos Patriolino, Márcio Resende nos metais, still de Nélida Mourão, imagens de Léo Andrade e produção da Koisa&Tao. Musicalidade, performance e expressividade são algumas das características mais flagrantes nos artistas que sobem ao palco. João Gilberto, o baiano da bossa nova, por Marcus Caffé, o cearense do samba e baião.
+ Às 18h, no Teatro Dragão do Mar. Classificação etária: Livre. Acesso gratuito com retirada de ingressos a partir das 16h, na bilheteria.



DIA 13 | Terça

► Carnaval de Pixinguinha, com a Orquestra Popular do Nordeste e a Choro Grande Banda
A Choro Grande Banda e a Orquestra Popular do Nordeste, coordenadas respectivamente por Pablo Garcia e Pedro Madeira, se juntam para reverenciar o grande Pixinguinha, um dos nossos maiores músicos populares, que fez do Choro um lugar de encontro e celebração da viva música popular brasileira. O show “Carnaval de Pixinguinha” traz 22 arranjos concebidos nos anos 1950 e reunidos parcialmente nos discos “Carnaval da Velha Guarda” e “Assim é que é…”. Entre sambas, polcas e maxixes, os arranjos foram revisados e adaptados com minúcia, e revelam mais uma vez que, além de compositor genial e grande instrumentista, Pixinguinha também foi um arranjador brilhante.
+ Às 17h, na Arena Dragão do Mar. Classificação etária: Livre. Acesso gratuito.




SEMANA DO OSCAR NO CINEMA DO DRAGÃO – De 8 a 14 de fevereiro


VISAGES, VILLAGES (de Agnes Varda)

Indicado ao Oscar de Melhor DocumentárioDireção: Agnes Varda e JR // 89 minutos // 10 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: O documentário retrata uma experiência fotográfica e cinematográfica de duas grandes pessoas conhecidas por questionarem a cultura da exibição das imagens: Agnès Varda, cineasta, e JR, fotógrafo e criador de galerias e exposições fotográficas ao ar livre. Juntos, viajam por algumas regiões da França, bem longe dos centros urbanos, com um caminhão que captura imagens de forma mágica.
// Sala 209/02: 18h10




ME CHAME PELO SEU NOME (de Luca Guadagnino)

Indicado aos Oscar de Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Canção originalSinopse: O sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa Perlman, Elio (Timothée Chalamet), está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando chega Oliver (Armie Hammer), um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai.
// Sala 108/02: 15h e 19h4009/02: 15h e 17h2010/12: 15h e 19h4011/12: 15h e 17h2013/12: 15h e 19h4014/12: 15h e 17h20



COM AMOR, VAN GOGH (de Dorota Kobiela, Hugh Welchman e Ivan Mactaggart)

Indicado ao Oscar de Melhor AnimaçãoDireção: Dorota Kobiela e Hugh Welchman // 101 minutos // 12 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: 1891. Um ano após o suicídio de Vincent Van Gogh, Armand Roulin (Douglas Booth) encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, que jamais chegou ao seu destino. Após conversar com o pai, carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh, Armand é incentivado a entregar ele mesmo a correspondência. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles na esperança de encontrar algum contato com a família do pintor falecido. Lá, inicia uma investigação junto às pessoas que conheceram Van Gogh, no intuito de decifrar se ele realmente se matou.  
// Sala 209/02: 14h10/12: 14h11/12: 14h13/12: 17h1014/12: 14h e 18h




O INSULTO (de Ziad Doueiri)

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro - LíbanoDireção: Ziad Doueiri // 112 minutos // 14 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: Beirute. Toni é um cristão libanês que sempre rega as plantas de sua varanda e um dia, acidentalmente, acaba molhando Yasser, um refugiado palestino. Assim começa um desacordo que evolui para julgamento e toma dimensão nacional. 
08/02: 15h30 (sala 2) e 17h30 (sala 1)09/02: 15h45 (sala 2) e 19h40 (sala 1)10/12: 15h45 (sala 2) e 17h30 (sala 1)11/12: 15h45 (sala 2) e 19h40 (sala 1)13/12: 15h00 (sala 2) e 17h30 (sala 1)14/12: 15h45 (sala 2) e 19h40 (sala 1)




SEM AMOR (de Andrey Zvyagintsev)

Indicado ao oscar de Melhor Filme Estrangeiro - RússiaDireção: Andrey Zvyagintsev // 128 minutos // 14 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: Boris e Zhenya estão se divorciando. Ele está com sua nova namorada, que está grávida, e Zhenya com seu parceiro rico. Com tantas preocupações, é difícil eles darem atenção ao filho Alyosha, até que ele desaparece misteriosamente.  
// Sala 209/02: 19h40




UMA MULHER FANTÁSTICA (de Sebástian Lelio)

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro - ChileDireção: Sebástian Lelio // 104 minutos // 14 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: Marina é uma mulher trans. Quando seu parceiro morre, ela se vê diante da raiva e do preconceito da família dele. Ela luta por seu direito de sofrer – com a mesma energia ininterrupta que ela exibiu quando lutou para viver como uma mulher.
// Sala 208/02: 20h11/02: 18h



CORPO E ALMA (de Ildikó Enyedi)

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro - HungriaDireção: Ildikó Enyedi // 120 minutos // 16 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: Duas pessoas introvertidas descobrem que dividem o mesmo sonho todas as noites. Intrigados, incrédulos e assustados, eles tentam recriar o que acontece durante a noite enquanto estão acordados. 
// Sala 214/02: 19h50




THE SQUARE – A ARTE DA DISCÓRDIA (de Ruben Östlund)

Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro - SuéciaDireção: Ruben Östlund // 142 minutos // 14 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: Grande vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes 2017, o filme conta a história de Christian, um respeitado curador de arte que tenta desesperadamente atrair mais visitantes ao museu que dirige em Estocolmo. Porém, após ter o celular roubado, ele perde o controle de seu trabalho, de sua vida, e acaba provocando situações drásticas capazes de colocar em jogo os seus próprios princípios.
// Sala 211/02: 20h



EU, TONYA (de Craig Gillespie)

Indicado ao Oscar de Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor EdiçãoDireção: Craig Gillespie // 120 minutos // 12 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: Tonya Harding dominava o gelo com perícia sem rivais. Ela conseguiu superar sua infância pobre e ser campeã do Campeonato de Patinação no gelo do Reino Unido e segunda colocada no campeonato mundial. Porém, ela dominou as manchetes por algo totalmente diferente depois que seu marido tentou incapacitar uma de suas concorrentes quebrando a perna dela durante as Olimpíadas de 1994. “Eu, Tonya”, é uma visão, às vezes, absurda, trágica e hilária de uma mulher no centro do maior escândalo na história do esporte nos Estados Unidos.
// Sala 210/02: 20h



BLADE RUNNER 2049 (de Denis Villeneuve)

Indicado ao Oscar de Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem de Som, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Melhores Efeitos Visuais.Direção: Denis Villeneuve// 164 minutos // 14 anos // DCP 2K // Som 5.1Sinopse: Situado 30 anos após o icônico primeiro filme, o novo blade runner K (Ryan Gosling) desenterra um segredo escondido durante muito tempo, que pode levar o que resta da sociedade ao caos. Com essa descoberta, K se vê em uma missão para encontrar Rick Deckard (Harrison Ford), um blade runner aposentado da Polícia de Los Angeles que está desaparecido há décadas.
// Sala 208/02: 17h13/02: 19h

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.