Como o Mindfulness está ajudando executivos a ter mais foco e produtividade

Técnica adotada por empresas faz parte do movimento de Consciência Corporativa, que busca o propósito maior das organizações

Uma técnica de meditação com origem no budismo vem sendo praticada no mundo corporativo, por aumentar a capacidade de concentração e produtividade dos executivos. Criado nos Estados Unidos, o Mindfulness, que pode ser traduzido como “atenção plena”, também já é adotado no Brasil.

A prática do Mindfulness chegou ao ambiente de negócios como parte de um movimento denominado Consciência Corporativa, em que as organizações buscam um propósito maior na sociedade.

“Muitas organizações estão mudando sua cultura, de uma orientação essencialmente voltada ao lucro, para uma postura mais responsável, com um propósito maior“, explica a psicóloga canadense Marilyn Atkinson, fundadora do Erickson College, uma das principais instituições de formação em coaching no mundo.

Segundo ela, o Mindfulness Corporativo ajuda a produzir essa consciência nos executivos, fazendo-os refletir sobre o momento presente, em vez de pensar no passado ou no futuro. Isso permite organizar, racionalizar e acalmar seus pensamentos, com mais clareza e foco.

O Mindfulness também contribui com a autoconsciência e criatividade, com a comunicação interpessoal, com o bem-estar mental e fortalece a capacidade de identificar, qualificar e comunicar o propósito maior.

Apesar da técnica do Mindfulness ter origem no budismo, não se trata de uma atividade religiosa, mas fornece as ferramentas para estar consciente.

De acordo com o Dr. Richard Davidson, professor de Psiquiatria da Universidade de Wisconsin-Madison, a prática do Mindfulness promove alterações nas regiões do cérebro relacionadas com a aprendizagem, memória e emoção.

Grandes empresas já adotam o Mindfulness no ambiente de trabalho, como o Google, onde o programa conta com a participação de mais de mil funcionários. Em entrevista ao New York Times, Richard Fernandez, diretor de desenvolvimento de executivos do Google, declarou: " Eu escuto com mais cuidado e com menos reatividade em reuniões de alto risco”.

A fundadora do Erickson College está entre as especialistas que propagam e implantam esta prática no universo empresarial. “Queremos ajudar as organizações a descobrir a ligação entre Mindfulness e consciência corporativa”, afirma Marilyn Atkinson.

No Brasil, o Erickson College é representando pela IMR Coaching & Development, que oferece cursos de formação profissional em coaching, com certificação reconhecida pela International Coach Federation (ICF).
Mais informações: www.imr.net.br

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.