​​MPCE promove mostras culturais sobre violência e desigualdade social

Provocar reflexões sobre a realidade de violência e desigualdade social existentes no Ceará a partir da arte. Esse é o objetivo do Sensibilizar-te, projeto do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) que promoverá apresentações teatrais, musicais e uma mostra fotográfica no dia 10 de março, no teatro Celina Queiroz, a partir das 19h30. O evento inclui exibições do Grupo Mirante de Teatro da Unifor e dos músicos da Casa de Vovó Dedé e Instituto Beatriz e Lauro Fiuza, além de uma exposição assinada pelo fotógrafo Marcelo Barbalho (Messejana, 2015). O evento é gratuito e aberto ao público.


O Sensibilizar-te é uma ação intersetorial envolvendo os Centros de Apoio Operacional do MPCE que atuam na Infância e Juventude (CAOPIJ), Organizações da Sociedade Civil (CAOSCC), Cidadania (CAOCidadania) e Meio Ambiente (CAOMACE). “Pretendemos chamar a atenção do público para as temáticas sociais e destacar a importância de projetos que atuem no resgate da cidadania e da autoestima de crianças e jovens das comunidades”, destaca o promotor de Justiça Hugo Mendonça, coordenador do CAOPIJ.


O evento é voltado aos profissionais que lidam diariamente com públicos vulneráveis ou em situações críticas, além da sociedade em geral interessada na temática. Assim, o projeto busca, por meio da arte, sensibilizar estes atores sociais e promover uma reflexão sobre os aspectos humanos da violência e desigualdade.


Conheça, a seguir, as organizações sociais parceiras do Sensibilizar-te 2018:


Casa de Vovó Dedé

A Escola de Arte e Cultura Casa de Vovó Dedé promove o ensino da música, dança, audiovisual e tecnologia para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. A entidade destaca-se como um celeiro de novos talentos, fomentando a produção dos jovens músicos cearenses, e ocupa papel fundamental na busca por uma educação inclusiva.


Grupo Mirante de Teatro da Unifor

O Grupo Mirante de Teatro da Universidade de Fortaleza promove a disseminação de conhecimento através de arte, por meio de projetos culturais abrangentes, como performances, esquetes, leituras dramáticas, adaptações, dentre outros. O grupo realiza a formação contínua dos participantes com exercícios, leituras, discussões e pesquisa sobre a arte teatral.


Instituto Beatriz e Lauro Fiuza

O Instituto Beatriz e Lauro Fiuza (IBLF) oferece ensino artístico e esportivo gratuito a crianças, adolescentes e jovens com o intuito de transformar e ampliar os horizontes de seus alunos, professores e incentivadores, por meio da música, do caratê e do acompanhamento social. Ela atua, hoje, em três bairros de Fortaleza: Passaré, Henrique Jorge e José de Alencar.


Serviço

O quê: Sensibilizar-te 2018

Quando: 10 de março, às 19h30

Onde: Teatro Celina Queiroz (Av. Washington Soares, 1321, Edson Queiroz)

Entrada Gratuita.

Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.